União Europeia Regulador alemão convida bancos a Frankfurt para encontro sobre Brexit

Regulador alemão convida bancos a Frankfurt para encontro sobre Brexit

Responsáveis de mais de 20 bancos estrangeiros deverão visitar Frankfurt na próxima segunda-feira a convite do regulador que quer atrair instituições actualmente em Londres.
Regulador alemão convida bancos a Frankfurt para encontro sobre Brexit
Neil Hall/Reuters
Negócios 25 de janeiro de 2017 às 18:24
É uma operação e charme, mas também uma oportunidade para esclarecer algumas das condições alemãs para a instalação em Frankfurt das instituições financeiras que decidirem sair de Londres na sequência da decisão britânica de deixar a UE. Na próxima segunda-feira, a Bafin, o regulador alemão do sistema financeiro, recebe representantes de mais de 20 instituições financeiras internacionais, noticiou a Reuters.

Esta será a primeira reunião deste tipo na Alemanha, escreve a agência, que avança que o encontro resulta dos pedidos cada vez mais detalhados de informação por parte dos bancos, explicou à agência noticiosa uma das fontes envolvidas no encontro.

Entre os temas gerais estão a recusa da Alemanha em aceitar mudanças fictícias do Reino Unido para caixas postais na Alemanha: os bancos terão mesmo de mudar parte importante dos gestores de topo e da gestão de risco para Frankfurt, por exemplo.  

Além da Bafin, estarão no encontro representantes do Bundesbank, o banco central alemão, e do Banco Central Europeu (BCE), que se juntarão a cerca de 40 banqueiros.

A reunião surge num momento em que o ministro das Finanças alemão Wolfgang Schäuble estará discretamente a começar a apoiar a atracção de banqueiros de Londres para Frankfurt.

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub