Política Regulamentação da prostituição e igualdade de género são os desafios do novo líder da JS

Regulamentação da prostituição e igualdade de género são os desafios do novo líder da JS

O deputado socialista Ivan Gonçalves, hoje foi eleito secretário-geral da Juventude Socialista, na Póvoa de Varzim, apontou como principais desafios do seu mandato de dois anos a regulamentação da prostituição e a promoção de uma maior igualdade de género.
Regulamentação da prostituição e igualdade de género são os desafios do novo líder da JS
Juventude Socialista
Lusa 18 de dezembro de 2016 às 17:17

"Temos ainda alguns desafios por concretizar, nomeadamente a regulamentação da prostituição, que visa dar condições mínimas de dignidade a um setor da população que, longe de qualquer consideração moral, é um setor especialmente atreito a vulnerabilidades e que deve ser, por isso, protegido, não estando sujeito àquilo que é uma autentica hipocrisia na forma como o nosso ordenamento legal está regulamentado", disse Ivan Gonçalves.

 

O novo dirigente da Juventude Socialista (JS) disse que é necessário, também, ter "a capacidade de fazer e promover uma maior igualdade de género".

 

"Temos o desafio de tentar atrair mais mulheres jovens para a política, porque, de facto, se olharmos hoje para o PS, se olharmos para os quadros dirigentes da JS, percebemos que numa sociedade que tem aproximadamente 50% de mulheres, ou talvez mais, continuamos a não conseguir nos quadros políticos ter um número de mulheres que seja equivalente ao numero de homens e esse é um desafio que temos pela frente", afirmou.

 

Ivan Gonçalves apontou, ainda, as eleições autárquicas de 2017 como "um momento importante de afirmação de uma nova geração de quadros do PS, na sua grande parte oriundos da JS".

 

"Podem fazer política de forma diferente e ser um contributo diferente para que o PS tenha uma agenda transversal a todas as idades, como se pretende num partido interclassista e intergeracional como é o PS", acrescentou.

 

O deputado Ivan Gonçalves, de 29 anos, natural de Almada, Setúbal, é licenciado pelo Instituto Superior Técnico em engenharia biológica. Foi o único candidato à sucessão do também deputado João Torres na liderança dos jovens socialistas.

 




A sua opinião29
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Cláudia Olim 18.12.2016

é mesmo isso que e preciso!!!!!! tristeza de objectivos

Anónimo 18.12.2016

até q enfim. bem superavit a caminho. isto vai ser melhor q o petróleo e não se vai acabar.

Fernando Moreira 18.12.2016

O que é que este xuxa quer?

Pedro Carmo 18.12.2016

Acho muito bem as profissionais devem pagar impostos

ver mais comentários
pub