União Europeia Reino Unido vai accionar o artigo sobre saída da UE até final de Março

Reino Unido vai accionar o artigo sobre saída da UE até final de Março

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou hoje que o Reino Unido vai accionar o artigo 50 do Tratado de Lisboa, sobre a saída de um país da União Europeia, até Março do próximo ano.
Reino Unido vai accionar o artigo sobre saída da UE até final de Março
Reuters
Lusa 02 de Outubro de 2016 às 14:38

Em declarações à BBC, a chefe do Governo do Reino Unido apresentou pela primeira vez um calendário concreto sobre as futuras negociações para a saída britânica do bloco europeu.

 

A propósito do congresso anual do Partido Conservador britânico, que começa hoje em Birmingham, no centro do país, May disse que vai informar o partido sobre esta decisão, que surge na sequência da vitória do voto contra no referendo de 23 de Junho.

 

Se accionar o artigo 50 do Tratado de Lisboa em Março, o Reino Unido poderá ficar fora da União Europeia em 2019, findo o período de dois anos relativos aos processos de saída de um país.

 

No entanto, esse processo de dois anos pode prolongar-se se o Reino Unido e os outros países comunitários não chegarem a um acordo unânime.

 

"Tenho vindo a dizer que não o activaríamos antes do final deste ano para poder ter os preparativos em curso. Mas, sim, vou dizer hoje no meu discurso que vamos activá-lo antes do final de Março do próximo ano", afirmou Theresa May à BBC.

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ELES QUEREM SEMPRE O MELHOR PARA ELES, SÓ p/ELES 02.10.2016

A vocação da inglesada foi, através dos tempos, quando a Royal Navy era senhora do mundo, pisar e humilhar os povos, impondo, cobardemente, pela força das armas, contratos e negócios ruinosos para os outros e vantajosos para si.
A jogada do Brexit é mais do mesmo.
QUE A UE NÃO CEDA EM NADA !

Anónimo 02.10.2016

ÓPTIMO A LIBRA VAI PASSAR A VALER 0,50 CENTIMOS DO EURO.

Mario Reis 02.10.2016

Tanto tempo?

Anónimo 02.10.2016

Casos invertidos:tem a Inglaterra agora mais pressa em deixar a Eu do que a EU velos pelas costas.O draghi com a sua mistica criou um problema ao sector bancario dentro do BCE que vai polos todos por terra.Um cancro(Grecia) mal curado esta a deixar raizes de dificil cura.

pub
pub
pub
pub