Política Rio não gostou do debate com Santana e deixa avisos

Rio não gostou do debate com Santana e deixa avisos

No rescaldo do primeiro frente-a-frente para a liderança do PSD, o ex-autarca mostra-se insatisfeito com a forma como o debate correu.
Rio não gostou do debate com Santana e deixa avisos
Lusa
Negócios 05 de janeiro de 2018 às 17:51
Rui Rio não gostou do frente-a-frente com Santana Lopes, mas avisa que também sabe fazer truques. A reacção do candidato à liderança do PSD foi avançada numa entrevista ao Público e à Rádio Renascença que será conhecida na íntegra na próxima segunda-feira. Os dois órgãos de comunicação social estão a antecipar esta tarde parte da conversa que respeita à leitura que o ex-autarca do Porto faz do debate na RTP.

Na entrevista, Rio assume que "não gostou" do debate, diz que foi alvo de ataques com "mentiras e meias verdades" e que já o tinham "avisado" sobre a estratégia do antigo primeiro-ministro, escreve aquele jornal diário.  

No debate de quinta à noite, o primeiro frente-a-frente entre os dois candidatos ao lugar de Passos Coelho, Santana Lopes recuperou o que aparentemente seria um ponto desfavorável para o próprio - o seu desempenho enquanto primeiro-ministro em 2004 - para acusar Rui Rio de não ter dito na altura, quando era seu vice-presidente, o que diz agora, quando o acusa de estar a fazer "as mesmas trapalhadas" que fazia quando chefiava o Governo. 

Na mesma entrevista, Rui Rio diz que também sabe "fazer truques" e deixou um aviso sobre a postura a adoptar nos próximos debates: "Não colaboro". 

Para 10 de Janeiro está marcado novo debate desta vez na TVI. No dia seguinte, o duelo é na TSF e Antena 1.




A sua opinião42
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
jolcosta Há 1 semana

Mas o que nos interessa que Rio "os tenha no sítio", se o "fútil" Santana Lopes o mantém encostado às cordas?!

Criador de Touros Há 1 semana

Esta é a hora da verdade para o PSD. Vamos ver de que são feitos os social-democratas. A ver se são ingénuos ao ponto de não perceber a jogada que tem estado a ser cozinhada entre António Costa e Rui Rio há anos. O mais certo é o padrinho desta aliança ser a maçonaria GOL, que comanda o PS e quer comandar o PSD. Decide-se nesta eleição do PSD o futuro dos interesses de esquerda: se morrem depressa ou se vieram para ficar. Rui Rio é o seguro de António Costa e da maçonaria GOL. Para os comunistas PCP e comunistas do Bloco de Esquerda interessa que o líder do PSD seja fraco. Rui Rio é fraco pois cria guerras, arranja inimigos, nisso é especialista. Se ganhasse esta eleição partiria logo o PSD ao meio. Ganharia o CDS com isso. Mas a direita perderia muita força e a esquerda ganharia sempre. Santana Lopes é o contrário de António Costa. Rui Rio é parecido com Costa. O futuro de Portugal não é a esquerda/extrema-esquerda, o futuro é a direita democrática capaz de trazer para Portugal o investimento de que Portugal precisa para vencer a desgraça das bancarrotas socialistas/esquerdistas. O meu voto em Pedro Santana Lopes é feito com convicção, apesar de eu ser desconfiado com políticos. Mas Santana já as passou e aprendeu muito. E não ficou azedo com as patifarias que o socialista Jorge Sampaio lhe fez. Ganhou experiência, aprendeu. Santana Lopes poderá ser o maior e mais importante líder que o PSD já teve, geralmente o PSD tem líderes fracos. Santana tem convicções, tem carisma, tem competência. No túnel da Rotunda foi contra todos e venceu. Agora vencerá também. Não liguem ao ruído de que ele é de trapalhadas, isso foi inventado pelo PS, que depois nos deu o corrupto Pinócrates e agora o António Costa das desgraças. Quando Santana Lopes foi demitido pelo ditador socialista Jorge Sampaio, Santana Lopes tinha maioria no parlamento. Só um ditador destrói uma maioria parlamentar. Os tiques do PS são de ditadura, vê-se agora também com este governo de extrema-esquerda: nem as eleições ganharam e armaram-se logo em ditadores de esquerda. A esquerda sempre gostou da ditadura do proletariado, agora é a ditadura dos comissários políticos extremistas. António Costa e a maçonaria GOL querem rapidamente afastar-se da extrema-esquerda comunista/comunista bloquista, a aliança com Rui Rio vem mesmo a calhar. Só que o PSD provavelmente desaparecerá ou ficará tão diminuído em importância que mais parecerá um CDS, e o CDS ganhará com isso, mas direita perderá sempre com a esquerda. A direita nunca poderá dar a mão ao PS. Será a morte da direita. Com Santana Lopes o PSD e a direita tem uma alternativa que poderá mudar todo o quadrante politico português. Mudará não para melhor, mas para muito melhor, tenho a certeza disso, assim os sociais-democratas agora abram bem os olhos. Este é um assunto muito sério.

Criador de Touros Há 1 semana

O Partido Socialista quer Rui Rio !!...Porque será ?

Anónimo Há 1 semana

Dr Santana pode ganhar os debates e mm a liderança mas em qualquer eleição legislativa quem vence é Dr Rui Rio sem qualquer dúvida !
O PSD q escolha o caminho da vitória ou cloud !
Se fossem directas , o Dr Rui Rio estava garantido na liderança !
É só fazer uma sondagem de opinião pública !

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub