Mundo Robert Mugabe presente em público pela primeira vez desde golpe militar  

Robert Mugabe presente em público pela primeira vez desde golpe militar  

O presidente do Zimbabwe esteve hoje presente em público, pela primeira vez após a tomada do poder pelos militares, numa cerimónia académica nos arredores de Harare.
Robert Mugabe presente em público pela primeira vez desde golpe militar  
Reuters
Lusa 17 de novembro de 2017 às 11:01

De acordo com a Associated Press, Mugabe levava vestido um traje académico e percorreu sozinho, sobre um tapete vermelho, a distância entre a entrada do edifício e um pódio e ao som de uma marcha.

 

Alguns milhares de alunos da Open University - que foram graduados hoje - e os convidados dos estudantes assistiram à cerimónia em que esteve presente o chefe de Estado.

 

Após ter chegado ao pódio, Mugabe anunciou o início da cerimónia académica depois de ter sido cantado o hino nacional, tendo-se ouvido "um forte aplauso".

 

As forças responsáveis pela segurança de Mugabe estiveram sempre visivelmente presentes.

 

Mugabe tem permanecido, desde o princípio da semana, confinado a prisão domiciliária ao mesmo tempo que se têm verificado uma série de negociações políticas sobre o afastamento do chefe de Estado, no poder há 37 anos.

 

Até ao momento, os militares têm mostrado respeito pelo presidente de 93 anos referindo-se a Mugabe como "comandante-em-chefe".

 

De acordo com a AP, os militares do Zimbabwe promovem as negociações enquanto mantêm vigilância sob os apoiantes do presidente e da mulher, Grace Mugabe. 

 

A imprensa estatal publicou hoje de manhã um comunicado indicando que as conversações "prosseguem" sendo que as forças militares (Zimbabwe Defense Forces) referem que se verificam "progressos significativos no sentido do afastamento dos criminosos que rodeiam o chefe de Estado".

 

Os militares afirmam que "alguns desses criminosos" foram detidos, mas que outros continuam em fuga. 

 

Na mesma declaração os militares dizem que "estão comprometidos com o 'comandante-em-chefe', Robert Mugabe, sobre avanços nas conversações" e que "a nação vai ser informada" assim que for possível.

 

O último comunicado dos militares foi igualmente difundido pela televisão e pelas estações de rádio.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Another one bites the dust. Este já está a ir. O maduro está na bicha. O nosso tone para vai demorara um pouco mais, mas para lá caminha.

pub