Eleições Rui Moreira vence eleições no Porto

Rui Moreira vence eleições no Porto

O candidato independente consegue a eleição para um segundo mandato. As projecções avançadas pelas televisões apontam para a possibilidade de obter uma maioria absoluta e dispensar acordos de governação.
Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares Gabriel Tavares/Correio da Manhã Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares Gabriel Fontes Tavares
António Larguesa 01 de outubro de 2017 às 20:18

Rui Moreira vai continuar a ser presidente da Câmara Municipal do Porto. O independente venceu as autárquicas este domingo, 1 de Outubro, com as projecções avançadas pelas diferentes televisões a darem a possibilidade de alcançar mesmo a maioria absoluta.


A sondagem da Universidade Católica para a RTP coloca Rui Moreira com uma votação entre 43% e 48%, ou seja, pode eleger seis a oito vereadores. Se conseguir sete mandatos, garante a maioria absoluta. Seguem-se Manuel Pizarro (28% - 31%), Álvaro Almeida (8% - 10%), Ilda Figueiredo (6% - 8%) e João Teixeira Lopes (5% - 7%).

 

Na estimativa da SIC, Rui Moreira obtém uma percentagem mais baixa (37,7% - 42%), mas que também abre boas perspectivas para uma maioria absoluta. Pizarro sobe a votação do PS para o intervalo 30,3% - 34%, o PSD pode eleger apenas um vereador com a estimativa entre 7,7% e 11%. João Teixeira Lopes e Ilda Figueiredo estão também à beira da eleição, que ainda não é garantida com o intervalo igual para ambos: de 4,8% a 7,2%.

 

O estudo da Intercampus para a TVI "sobe" a estimativa de Rui Moreira para números mais próximos dos projectados pela Católica (42% - 47%), ou seja, acima dos 39,25% obtidos pelo independente em 2013. Ficaria próximo da maioria absoluta, a confirmar-se, e poderia dispensar os apoios do PS (27,7% - 31,7%, 4 a 5 mandatos), do PSD (8,1% - 11,1%, 1 a 2 mandatos), CDU (5% - 8%) e BE (4,2% - 7,2%). Estes últimos podem eleger um vereador cada.




pub