Autarquias Saiba se o seu município é um dos mais transparentes de Portugal

Saiba se o seu município é um dos mais transparentes de Portugal

O Índice de Transparência Municipal (ITM) mede 76 indicadores nos 308 municípios portugueses e classifica-os numa escala de 0 a 100. O “top 10” é composto por municípios que superam todos os 90 pontos.
A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão A Terceira Dimensão
Negócios com Lusa 08 de fevereiro de 2017 às 11:29
Alfândega da Fé voltou a ser no ano passado líder do Índice de Transparência Municipal, anunciou a Transparência e Integridade - Associação Cívica (TIAC), citada pela Lusa.

O Índice de Transparência Municipal (ITM) baseia-se, desde 2013, no levantamento da informação de interesse público disponível nos 'sites' dos 308 municípios, segundo 76 indicadores, agrupados em áreas, e não representa um índice de corrupção, nem significa sucesso eleitoral ou satisfação do eleitorado.

Em 2016, os municípios obtiveram, em média, 52 pontos numa escala de zero a 100, a primeira vez que a média ultrapassa os 50 pontos, mais 8 pontos em relação à média de 44 pontos obtida no ano anterior.

A Câmara Municipal de Alfândega da Fé atingiu pela primeira vez a pontuação perfeita de 100. Seguem -se Carregal do Sal (98,21 pontos), Águeda (97,80), Arcos de Valdevez (97,39), Vila Nova de Cerveira (97,39), Pombal (97,12), Vila Pouca de Aguiar (96,70), Ponte da Barca (96,29), Valongo (96,29) e Cartaxo (94,92).

Os municípios com índice mais baixo são Penela (16,21), Corvo (18,54), Calheta (Madeira) e Fornos de Algodres (20,60), São Vicente (20,74), Freixo de Espada à Cinta (21,56), Cadaval, Madalena e Vidigueira (22,94) e Portel (23,21).

A lista completa pode ser consultada aqui.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Chamam a isto "Índice de transparência"!?
Uma análise que não passa de uma consulta de sites! Que não analisam procedimentos concursais, adjudicações directas, etc. Que só serve para sabermos se o site tem muita ou pouca informação. O prémio devia ser entregue ao webmaster do site do município

Tereza economista Há 2 semanas

A Guarda está em 252 agora entendo a atraso e o índice de corrupção, melhor dizendo generalizada.

investidor1 Há 2 semanas

https://goo.gl/forms/3f25LE6Qekr0VWo22

Obrigado.

Anónimo Há 2 semanas

A transparência dos municípios está em consonância com a do governo central,pois a situação de 5ª dívida a nível mundial é disso evidência.O pior é que o governo continua a dar passos largos para ainda aumentar a falta de transparência dos municípios, com medidas populistas para caçar votos.

ver mais comentários
pub