Angola Salário do presidente angolano sobe 100 euros por mês

Salário do presidente angolano sobe 100 euros por mês

O vencimento-base mensal do presidente da República angolano foi aumentado 3%, equivalente a 100 euros, ascendendo a 640,1 mil kwanzas (3.450 euros), segundo a nova tabela remuneratória de detentores dos mais altos cargos do Executivo.
Salário do presidente angolano sobe 100 euros por mês
Lusa 13 de junho de 2017 às 09:30
O decreto presidencial 95/17, de 8 de Junho, assinado por José Eduardo dos Santos, chefe de Estado, aprova o "reajustamento do vencimento-base mensal do Presidente da República e dos Titulares de Cargos da Função Executiva do Estado", lê-se no diploma, que revoga ainda a legislação anterior.

O decreto, já publicado em Diário da República e a que a Lusa teve acesso esta terça-feira, 13 de Junho, fixa em 1.024.207,74 kwanzas (5.480 euros) o vencimento total para o cargo de Presidente da República, entre vencimento-base e despesas de representação, estas agora no valor de 384.077,90 kwanzas (2.000 euros).

Há precisamente três anos, a remuneração do chefe de Estado, incluindo despesas de representação, tinha sido fixado em 994.376,44 kwanzas, que na altura equivalia, à taxa de câmbio de então, a 7.450 euros, tendo desde então a moeda nacional desvalorizado cerca de 40%.

Na prática, e apesar do aumento agora aprovado, o vencimento total do chefe de Estado angolano vale agora menos cerca de 2.000 euros face ao que auferia em 2014, aquando do último reajuste.

O vencimento total do vice-presidente da República foi fixado, através do mesmo decreto presidencial de 8 de Junho último, em 843.371,06 kwanzas (4.540 euros), enquanto o referente ao cargo de ministro de Estado em 768.155,81 kwanzas (4.100 euros).

O vencimento total (base acrescido de despesas de representação) dos restantes ministros e de cada um dos 18 governadores provinciais é fixado em 696.141,20 kwanzas (3.745 euros), enquanto as funções de secretário de Estado, vice-ministro e vice-governador provincial representa um vencimento mensal de 627.327,24 kwanzas (3.375 euros).

Angola vive uma profunda crise financeira, económica e cambial decorrente da quebra nas receitas com a exportação de petróleo e só entre Janeiro e Dezembro de 2016 os preços disparam mais de 40%.

Entretanto, o Governo aprovou já este mês actualizações salariais na função pública e salário mínimo que rondam os 10%.



A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 13.06.2017

EU NÃO GOSTO DO JOSE EDUARDO, MAS OS SRS JORNALISTAS DA TRETA, ACHAM QUE ISTO ´UMA NOTICIA?

comentários mais recentes
Anónimo 13.06.2017

DIGAM-ME, POR FAVOR, POIS SOU DE COMPREENSÃO MUITO LENTA: COMO É QUE ESTE SENHOR PRESIDENTE QUE GANHA METADE DE UM DOS NOSSOS DEPUTADOS, É UM DOS HOMENS MAIS RICOS DE ÁFRICA ?????? ISTO PARA NÃO FALAR DA FILHINHA QUE, QUALQUER DIA, É DONA DESTE PAÍS.................

Anónimo 13.06.2017

EU NÃO GOSTO DO JOSE EDUARDO, MAS OS SRS JORNALISTAS DA TRETA, ACHAM QUE ISTO ´UMA NOTICIA?

CaTu 13.06.2017

Assim já pode levar a família a jantar fast-food

Pinto 13.06.2017

Mas com isso não consegue sequer pagar o condominio dos apartamentos que tem no Estoril-Sol...

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub