Função Pública Salários da Função Pública recuperam, mas quanto? Veja oito simulações

Salários da Função Pública recuperam, mas quanto? Veja oito simulações

O vencimento líquido de funcionário público com um salário médio sobe no próximo ano 1,7%, de acordo com os cálculos da PwC, elaboradas a pedido do Negócios. Mas tudo depende do escalão. Veja oito simulações.
Salários da Função Pública recuperam, mas quanto? Veja oito simulações
Bruno Simão/Negócios
Catarina Almeida Pereira 09 de Novembro de 2016 às 10:00

No caso de um funcionário público com um salário próximo da média paga no Estado, o aumento do rendimento anual é de 1,7% em 2017, face ao ano anterior. Esta evolução decorre da eliminação de cortes salariais, da redução da sobretaxa e, em menor grau, do aumento do subsídio de refeição.

No caso de um funcionário com um vencimento próximo da média paga aos assistentes operacionais, o aumento de rendimento líquido em 2017 é de 0,6%. Esta variação decorre exclusivamente do aumento do subsídio de refeição, já que neste escalão salarial não houve cortes nem sobretaxa em 2016.

No caso de um funcionário com um vencimento próximo da média paga aos professores, o aumento de rendimento líquido em 2017 é de 2,1% (2% no caso de dois funcionários casados com um dependente). A eliminação dos cortes salariais e a redução da sobretaxa explicam a evolução prevista para 2017.

No caso de um funcionário com um vencimento próximo do que é pago, em média, aos médicos, a variação de rendimento é de 2,6% ao longo do próximo ano (2,5% no caso de dois funcionários casados). A eliminação dos cortes salariais pesa tanto que nestes exemplos a receita da sobretaxa ainda sobe.





A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas


Um governo de ladrões

PS . BE . PCP - são uns PHILHOS DE PHU TA que xupam o sangue ao POVO...

para dar mais dinheiro e privilégios aos FP & CGA.

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

O artigo está incorrecto, logo na primeira simulação. Qualquer vencimento acima de 1500 euros dum funcionário publico em 2016 é inferior a 2017, resultado da reposição salarial em curso que acabou apenas agora em outubro.

fpublico C/mais de 42 anos de TRABALHO/DESCONTOS ! Há 3 semanas

OS DO PRIVADO TÊM RAZÃO NUMA COISA: ESTES FPUBLICOS SEC. XXI SÃO UMA CAMBADA DE ARTOLAS, SUBSERVIENTES, ENGRAIXOLAS, MEDROSOS, ACEITAM A M..ERDA TODA. SALAZAR TINHA MAIS RESPEITO PELOS TRABALHADORES. POLICIA,GNR E MILITARES FOI APLICADA LEI DO TEMPO DA DITADURA. O MEU CONTRATO É DO TEMPO DE SALAZAR.

fpublico C/mais de 42 anos de TRABALHO/DESCONTOS ! Há 3 semanas

CIDADÃOS DE 1ª CLASSE SÃO OS POLICIAS, GNR E MILITARES A BRINCAR AS GUERRAS VIRTUAIS QUE FICAM SEM TESÃO PARA TRABALHAR AOS 60 ANOS DE IDADE E MAXIMO 36 DE DESCONTOS.
OS DO PRIVADO SAFAM-SE BEM, RECEBEM SUBSIDIOS A FUNDO PERDIDO E ABREM FALENCIA. RECEBEM RSI E SUBSIDIOS ATE CIGANOS SE ORIENTAM

fpublico C/mais de 42 anos de TRABALHO/DESCONTOS ! Há 3 semanas

TODOS DEVEM SER OBRIGADOS A TRABALHAR 48 ANOS. EU NÃO SOU PRETO, GRUNHO E NÃO QUERO SER ESCRAVO BRANCO EM DEMOCRACIA. ESTOU FARTO DE SUSTENTAR CIGANOS, XULOS, VIGARISTAS E PPL DO PRIVADO.NÃO TENHO CASA DE BORLA E PAGO IMI E TAXAS. QUERO LEI DE APOSENTAÇÃO DO TEMPO DO DEMOCRATA SALAZAR

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub