Função Pública Salários do Estado sobem 2,9% em ano de eliminação de cortes
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Salários do Estado sobem 2,9% em ano de eliminação de cortes

Os salários e suplementos do Estado estavam a subir em média 2,9% no primeiro mês sem cortes salariais. No caso dos políticos, o aumento homólogo foi de 10,4% em Outubro.
Salários do Estado sobem 2,9% em ano de eliminação de cortes
Bruno Simão/Negócios
Catarina Almeida Pereira 16 de fevereiro de 2017 às 00:01

No primeiro mês em que os salários foram repostos na íntegra, em Outubro, os vencimentos do Estado estavam a subir, em média, 2,9% em termos homólogos. O aumento do salário mínimo e a própria recomposiç

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
António Jorge da Silva Madeira 17.02.2017

Cara Catarina.
Se fosse uma pessoa séria não publicaria esta infame mentira.
Diria a verdade, que o Estado está a repor aquilo que me roubou!

Anónimo 16.02.2017

Justiça social? Onde?
Há 10 anos que estou reformado.
Há 10 anos que a minha pensão é sempre a mesma!
Mas afinal até onde vai esta pouca vergonha?

Anónimo 16.02.2017

ADMIRAM-SE PORQUÊ? 10% é uma mixaria para eles, nem sequer foi preciso ir ao parlamento.Para aumentarem 30€ ao salário minimo a quem com esse ordenado morre de fome CAGARAM-SE TODOS quase que foi preciso pedir a cristo para vir á terra resolver o problema. Cambada de inuteis

Anónimo 16.02.2017

Estes Senhores, ( perdão ,digo, Gajos )da Política não teem ponta de Vergonha...

São indiferentes perante o Sr Reformado que tenta sobreviver com 2oo,00€ por mês.

O cinismo,a hipocrisia sobrepoe-se a todos os valores que alto e bom som dizem defender...

Enfim , eis o País Político na sua Transparência Confrangedora !!!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub