Política Santana considera encontro de Rio com Cavaco como sendo de "muita relevância"

Santana considera encontro de Rio com Cavaco como sendo de "muita relevância"

O candidato à liderança do PSD Pedro Santana Lopes classificou hoje o encontro entre Rui Rio e o ex-Presidente da República Cavaco Silva como sendo de "muita relevância", sublinhando que os militantes do partido ficam "naturalmente sensibilizados".
Santana considera encontro de Rio com Cavaco como sendo de "muita relevância"
Lusa
Lusa 20 de dezembro de 2017 às 22:50

"O encontro tem naturalmente muita relevância e tem tanta que até na página de Facebook da minha candidatura já pusemos essa notícia. Um encontro com um ex-Presidente da República é sempre importante", disse.

 

Questionado pelos jornalistas em Portalegre, à margem de uma acção de campanha para a liderança do PSD, sobre se encara este encontro como sendo um apoio de Cavaco Silva à candidatura de Rui Rio, Santana Lopes afirmou que seria "um abuso" interpretar a situação dessa forma.

 

"Seria um abuso da minha parte, se não foi dito, não posso estar a dizer isso e, mesmo que seja, não tenho nada a dizer sobre isso. É relevante, acho que é muito relevante e os militantes do partido ficam naturalmente sensibilizados com esse facto [encontro entre Rui Rio e Cavaco Silva]", acrescentou.

 

Pedro Santana Lopes assegurou ainda que ao longo da sua campanha "não está previsto" um encontro com Cavaco Silva, sublinhando que este tipo de reuniões que Rui Rio manteve com o ex-Presidente da República "faz parte" do dia-a-dia das candidaturas.

 

O candidato à liderança do PSD Rui Rio informou que se reuniu hoje com o ex-Presidente da República Cavaco Silva com o objectivo de partilhar ideias sobre "a situação do país" e classificou o encontro como produtivo e encorajador.

 

De acordo com um comunicado emitido pela candidatura de Rui Rio, a reunião decorreu à porta fechada, na sequência de uma audiência solicitada pelo antigo autarca do Porto, "que foi imediatamente aceite" por Cavaco Silva e que teve como objectivo "a troca de ideias e a partilha de algumas reflexões sobre a actual situação do país".

 

"No final do encontro, Rui Rio mostrou-se satisfeito e reconheceu que a reunião mantida com o Professor Cavaco Silva foi muito produtiva e encorajadora para o futuro", refere o comunicado. No comunicado, recorda-se que o antigo primeiro-ministro entre 1985 e 1995 [Cavaco Silva] "venceu cinco eleições, das quais, quatro com maioria absoluta" e acumula "uma larga experiência política e governativa, reconhecida pela generalidade dos portugueses e, em particular, pelos militantes do PSD, o que levou Rui Rio a entender dever ouvir as suas opiniões e o seu conselho".

 

"O ex-governante é considerado um dos líderes sociais-democratas mais marcantes do pós 25 de Abril, juntamente com Francisco Sá Carneiro e constitui ainda hoje um importante activo do partido", destaca ainda a nota enviada à imprensa.

 

Nunes Liberato, que foi chefe da Casa Civil de Cavaco Silva, é um dos apoiantes e membro da Comissão de Honra da candidatura de Rui Rio.

 

O PSD escolherá o seu próximo presidente em 13 de Janeiro em eleições directas, com Congresso em Lisboa entre 16 e 18 de Fevereiro. Até agora, anunciaram-se como candidatos à liderança do PSD o antigo presidente da Câmara do Porto Rui Rio e o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
A geringonça foi uma dádiva de Deus. Há 4 semanas

Grande brincalhão.

pub