Política Santana Lopes deixa na sexta-feira funções na Santa Casa

Santana Lopes deixa na sexta-feira funções na Santa Casa

O candidato à liderança do PSD Pedro Santana Lopes termina na sexta-feira funções como Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), disse à Lusa fonte da instituição.
Santana Lopes deixa na sexta-feira funções na Santa Casa
Bruno Simão/Negócios
Lusa 19 de outubro de 2017 às 16:02
De acordo com uma mensagem de correio electrónico que circula na Santa Casa, Santana Lopes convidou todos os funcionários para estarem presentes pelas 12:15 de sexta-feira numa das salas da instituição, para o que será uma despedida dos trabalhadores.

Santana Lopes, que está na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desde 2011, encontrava-se a desempenhar o segundo mandato e era já o provedor por mais tempo em funções desde o 25 de Abril.

Desta forma, o antigo primeiro-ministro irá apresentar publicamente a sua candidatura à liderança do PSD - no domingo, em Santarém - já desligado das funções de provedor da Santa Casa.

O Governo divulgou em 11 de Outubro a nomeação de Edmundo Martinho para o cargo de provedor da SCML, após Pedro Santana Lopes ter comunicado a sua saída.

Pedro Santana Lopes anunciou em 10 de Outubro que era candidato à liderança do PSD, no programa de debate semanal com o socialista António Vitorino, do qual se despediu também esta semana.

O PSD escolherá o seu próximo presidente em 13 de Janeiro em eleições directas, com Congresso em Lisboa entre 16 e 18 de Fevereiro.

Até agora, anunciaram-se como candidatos à liderança do PSD o antigo presidente da Câmara do Porto Rui Rio e o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes.

O actual presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, já disse que não se recandidata ao cargo que ocupa desde 2010.



Saber mais e Alertas
pub