Europa Schäuble proíbe tweets nas sessões plenárias do Bundestag

Schäuble proíbe tweets nas sessões plenárias do Bundestag

Depois da mudança de emprego, o ex-ministro alemão das Finanças continua a não deixar os créditos de político rigoroso por mãos alheias. Esta quinta-feira, Schäuble escreveu uma carta dirigida aos deputados alemães desaconselhando-os do uso do Twitter durante as sessões plenárias.
Schäuble proíbe tweets nas sessões plenárias do Bundestag
Reuters
Negócios 23 de novembro de 2017 às 19:23

O novo presidente da câmara baixa (Bundestag) do parlamento alemão não quer que os parlamentares germânicos usem o Twitter durante as sessões plenárias.

 

Em carta enviada esta quinta-feira, 23 de Novembro, aos actuais 709 (o número é variável de eleição para eleição) deputados alemães, Wolfgang Schäuble recomenda que estes não façam tweets nem tirem fotografias nos plenários.

 

"A utilização de aparelhos para tirar fotografias, tweetar ou divulgar notícias acerca dos procedimentos plenários é inapropriada e, portanto, deve ser evitada durante as sessões no Bundestag", pode ler-se na missiva assinada pelo antigo titular da pasta das Finanças do governo de Angela Merkel.  

 

Segundo o Politico, que cita a notícia avançada pela Deutschlandfunk, na carta Schäuble lembra que "de uma forma geral, aparelhos, especialmente telemóveis e tablets, devem ser usados com contenção e de uma forma apropriada à vossa participação".

 

O Politico recorda que, nas sessões mais recentes, os parlamentares do xenófobo Alternativa para a Alemanha (AfD, extrema-direita que, em Setembro, garantiu entrada no Bundestag pela primeira vez no pós-Guerra) têm postado fotografias no Twitter em que apontam os lugares deixados vagos por membros de outras forças partidárias.

 

Diversos deputados reagiram negativamente à missiva assinada por Schäuble. Perante a polémica, o jornalista Christian Thiels recordou que em 2012 Wolfgang Schäuble, então ministro das Finanças, foi apanhado a jogar sudoku durante uma sessão no Bundestag.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

O Schäuble está com medo que dêem conhecimento ao povo do quê?
O Parlamento não devia ser a casa da transparência??

Saber mais e Alertas
pub