União Europeia Schulz ultrapassa Merkel em sondagem

Schulz ultrapassa Merkel em sondagem

De acordo com o Financial Times, é a primeira vez em mais de uma década que os sociais-democratas do SPD aparecem nos estudos de opinião à frente dos democratas-cristãos da CDU.
Schulz ultrapassa Merkel em sondagem
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 06 de fevereiro de 2017 às 18:17

A diferença é mínima mas é a primeira vez, em mais de uma década, que o SPD aparece nas sondagens para eleições gerais à frente da CDU. A última vez que tal aconteceu, segundo o Financial Times, foi em Outubro de 2006.

Impulsionado pela entrada na corrida do antigo presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, os sociais-democratas surgem com 31% das intenções de voto, contra os 30% de Angela Merkel, a actual chanceler e recandidata pela CDU.

Se a eleição fosse esta segunda-feira, de acordo com a sondagem da INSA para o jornal Bild, o SPD ganharia eleições pela primeira vez em 15 anos, desde a vitória de Gerard Schroeder em 2002.


Em terceiro lugar ficaria a formação de extrema-direita Alternativa pela Alemanha (AfD), com 12% das intenções, seguido pela esquerda radical do Die Linke (10%).


Os alemães são chamados às urnas no próximo dia 23 de Setembro. Schulz foi nomeado a 29 de Janeiro como candidato da SPD enquanto a chanceler Angela Merkel anunciou em Novembro a recandidatura a um quarto mandato como candidata da União Cristã-Democrata (CDU).


Esta segunda-feira foi anunciado que a CDU concorrerá uma vez mais em conjunto com a CSU, os socialistas-cristãos da Baviera.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 06.02.2017

A ALEMANHA TEM DE MOSTRAR AO TRAMPA QUE A EUROPA NÃO É O TRAMPA.

Trotil 06.02.2017

Lá começam estes com as sondagens. Depois, quando a realidade as desmente, a culpa ...é do Benfica!

Anónimo 06.02.2017

A Europa acredita que Schultz será a sua salvação politica e económica.

pub