Seguro diz que eleição de Hollande abre "novo ciclo de esperança para a Europa"
06 Maio 2012, 20:19 por Lusa
3
Enviar por email
Reportar erro
0
O secretário-geral do PS enviou um "abraço fraterno" ao líder socialista francês, François Hollande, pela vitória nas presidenciais que hoje decorreram em França, considerando que a sua eleição abre "um novo ciclo de esperança para a Europa".
"Envio-te um abraço fraterno de felicitações pela tua eleição para Presidente da República de França. Alcançaste um resultado histórico que nos enche de muita satisfação", lê-se na mensagem que António José Seguro enviou a Hollande, a que a Lusa teve acesso.

No mesmo texto, o líder do Partido Socialista (PS) português acrescenta que a eleição de Hollande "representa uma lufada de ar fresco e um novo ciclo de esperança para a Europa".

Seguro afirma que a vitória acarreta "a esperança em políticas de crescimento económico e de promoção do emprego que alivie os sacrifícios das famílias e das empresas" e destaca a "visão progressista e alternativa às políticas erradas de austeridade excessiva" de Hollande, referindo que já tinha transmitido esta mensagem ao líder socialista francês no encontro que tiveram os dois na quinta-feira passada, em Toulouse.

"O nosso encontro permitiu consolidar um compromisso comum, já que em Portugal há vários meses que também lutamos por uma agenda nacional e europeia para o crescimento. É em nome desse compromisso comum que reitero a disponibilidade do PS para dotarmos o tratado europeu de um ato adicional com medidas concretas que permitam o crescimento económico e a criação de emprego", acrescenta.

Seguro cumprimenta ainda, na mesma mensagem, "o povo francês pela elevada participação eleitoral nestas eleições" e deseja "felicidades" a Hollande.

François Hollande venceu hoje a segunda volta das eleições presidenciais em França, com um resultado entre 52 e 53,3% dos votos, de acordo com as projecções avançadas pela agência France Presse.

A televisão pública francesa TF2 estima que a abstenção nesta eleição tenha sido de 20,10%, maior do que a de 2007 (16%), mas menor do que a de 1995 e de 2002 (20,3%).
3
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags: