Conjuntura Será 2017 o ano para a Europa abrir os cordões à bolsa?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Será 2017 o ano para a Europa abrir os cordões à bolsa?

Depois de anos de defesa dos esforços de austeridade, as instituições internacionais parecem estar agora de acordo acerca da necessidade de utilizar o poder de fogo orçamental dos governos para estimular a economia. Berlim continua a recusar essa via.
Será 2017 o ano para a Europa abrir os cordões à bolsa?
Nuno Aguiar 03 de janeiro de 2017 às 00:01

Em Portugal discute-se se o Governo é capaz colocar a economia a crescer, mas lá fora a importância dos estímulos orçamentais reúne cada vez mais consenso. As principais instituições internacionais )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 03.01.2017

Mais Quantitative Easing ? Já enjoa esta política que não promove o investimento apenas a especulação bolsista...

francisco 03.01.2017

Quando tínhamos o défice OK, mandaram salvar os bancos. Os défices, de todos, subiram para valores impensáveis. De repente decidiram que mais do que 3% era crime. Fomos à falência. Corta, corta, corta. E agora que o dinheiro vai para a dívida, mandam-nos gastar? Cordões à bolsa ou bolsa dos co*hões?

surpreso 02.01.2017

A Europa já abre os cordões à bolsa.Portugal recebe,grátis, 26 mil milhões ,até 2020,ou seja 1,3 porcento do Pib.Querem o rabinho lavado com água de colónia?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub