Função Pública Sindicato da CGTP abandona em protesto comissões de precários
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Sindicato da CGTP abandona em protesto comissões de precários

O sindicato que representa a CGTP na maioria das comissões de avaliação dos precários do Estado decidiu abandoná-las, alegando que o processo de integração está a ser de "exclusão". E vai convidar a Frente Comum a decidir o mesmo.
Sindicato da CGTP abandona em protesto comissões de precários

Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas, que representa a Frente Comum (CGTP) na esmagadora maioria das comissões que avaliam as situações dos precá)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 14.07.2017

Se todo o par economia-jurisdição tivesse protegido e subsidiado o dactilógrafo, a telefonista, o aguadeiro, o cocheiro e o ardina, o mundo ainda hoje não teria comunicações móveis, computadores pessoais, Internet, sistemas de água potável canalizada, automóveis, etc.

comentários mais recentes
Liberdade e Democracia 14.07.2017

As vozes a propagar ódio e violência cada vez se ouvem mais à esquerda. A descrispacao de António Costa e Marcelo está a polarizar os Portugueses e a virar-los uns contra os outros. Apoiante de esquerda de longa data, deixei recentemente de me rever neste governo. Precisamos de um líder sério.

Verdadeira Revolução 14.07.2017

Os fascistas que por aqui andam que se ponham a pau. Com este governo temos pela primeira vez desde 1975 as condições para completar a revolução e os objectivos de Abril. Desta vez o Povo trabalhador vai tirar as luvas e vai haver sangue, vamos acabar de vez com todos os que se nos opõem

Professor de Liceu 14.07.2017

Desde que António Costa foi escolhido para PM, tenho notado uma certa descriminação na escola pública onde trabalho, com colegas filiados na Fenprof a ter prioridade na selecção de turmas, mudança de escolas e isenção de horas. pensei que os sindicatos lutassem por todos e não apenas por alguns?

Ex-Votante do PS 14.07.2017

Há muitos anos que voto no PS, por defender os trabalhadores. Mas este Governo mostra claramente que os vícios socráticos de dominação de tudo e todos, controle dos media, anti-democracia, não desenraizaram. PSD e Passos vão ter o meu voto para limpar esta gente que se apoderou do PS

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub