Mundo Singapura considerada a cidade mais cara do mundo

Singapura considerada a cidade mais cara do mundo

A capital da Singapura, denominada pelo mesmo nome, substitui Tóquio como a cidade mais cara do mundo para se viver.
Singapura considerada a cidade mais cara do mundo
David Santiago 04 de março de 2014 às 12:29

O estudo da Economist Intelligence Unit, sobre as cidades com maior custo de vida em 2014, concluiu que a capital da Singapura é a cidade mais dispendiosa do mundo.

 

Singapura subiu cinco posições e substitui Tóquio, capital do Japão, como a cidade onde se verifica um custo de vida mais elevado. O facto de Singapura ser dependente do exterior para o fornecimento de energia e água, aliado aos custos dos transportes (três vezes superior ao verificado em Nova Iorque) fazem desta a cidade mais cara para se habitar.

 

Em Singapura o dólar local valorizou mais de 35% ao longo dos últimos dez anos, comparativamente com uma subida de apenas 1% nos dez anos anteriores, lê-se na Bloomberg. Singapura é, por exemplo, a cidade mundial onde comprar roupa é mais caro.

 

O ‘top ten’ é ainda composto por cidades europeias como Paris, que ocupa a segunda posição deste raking, Oslo no terceiro lugar e Zurique na quarta posição. Seguem-se Sidney em quinto e quatro cidades empatadas na sexta posição: Caracas, Genebra, Melbourne e Tóquio. A capital japonesa ocupava a primeira posição na lista elaborada em 2013. Por fim, em décimo surge Copenhaga.

 

Várias cidades europeias assumem-se novamente como das mais caras, o que se explica entre outras razões pelo “renovado optimismo para 2014”, refere o estudo.

 

A “BBC” refere que estudos da Mercer avaliam as cidades mais caras para expatriados, ou seja, para imigrantes. Em 2013 um estudo desta empresa revelava que Luanda era a cidade mais cara do mundo para imigrantes. Entre outros custos elevados, os expatriados que vivem na capital angolana enfrentam elevados preços na procura de habitação segura e com qualidade e no acesso a bens de consumo importados.




Saber mais e Alertas
pub