Europa Sismos sucedem-se no centro de Itália

Sismos sucedem-se no centro de Itália

Um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter abalou esta manhã a região da Úmbria. Alguns edifícios ruíram, mas não há relatos de vítimas mortais. Metro de Roma interrompido.
Sismos sucedem-se no centro de Itália
Reuters
Negócios com Lusa 30 de Outubro de 2016 às 09:45

O sismo que abalou hoje de manhã a região da Úmbria, no centro de Itália, teve uma magnitude 6,1 na escala Richter, esclareceu o Instituto Nacional de Vulcanologia. O Instituto Nacional de Vulcanologia tinha informado inicialmente que o terramoto teve uma magnitude de 7,1.

O sismo, com profundidade de 10 quilómetros, ocorreu às 07:44 (06:44 em Lisboa) e fez derrubar várias casas afetadas por sismos anteriores. A imprensa italiana dá conta da existência de feridos, mas nenhuma vítima mortal.

Entre os edifícios afectados está a Basília de São Benedicto, na cidade muralhada de Norcia. O abalo foi sentido também em Roma e, segundo o La Reppublica, o serviço de metro foi interrompido.  

O centro de Itália tem vindo a ser sacudido por vários sismos nos últimos dias. Na quarta-feira, dia 26, a região foi abalada por um sismo de magnitude 5,4 e depois um outro de 6,0, sentido na cidade de Roma. Os abalos provocaram um ferido, deslizamentos de terras e a evacuação de algumas zonas.

Na quinta-feira à noite foi registado um novo abalo de 4,6 na escala de Richter. Além destes sismos, a zona, de forte atividade sísmica, está a produzir réplicas contínuas, como aconteceu a 24 de agosto, quando um abalo de magnitude 6 matou 297 pessoas.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

e o melhor é q não se pode controlar ahahahah.

a ver se a miss alemã diz algo.

pub