Economia Soares solidário com militares: "Decidi não ir" às comemorações do 25 de Abril

Soares solidário com militares: "Decidi não ir" às comemorações do 25 de Abril

O líder histórico do Partido Socialista decidiu não ir à cerimónia oficial do 25 de Abril em solidariedade com os militares da Associação 25 de Abril, noticia esta tarde o "Público".
Negócios 23 de Abril de 2012 às 19:07
“Em solidariedade para com os militares, decidi não ir”, disse Mário Soares ao Público, quebrando um hábito que mantém desde a revolução do cravos, data que comemora depois de amanhã 38 anos.

Inicialmente, o antigo presidente da República tencionava ir e até já tinha confirmado a sua presença à Assembleia da República, segundo revela o jornal diário. “Mas em solidariedade para com os militares, decidi não ir”, disse ao “Público”.

A decisão de Mário Soares seguiu-se ao anúncio de Vasco Lourenço, que lidera a associação e anunciou que esta não vai à cerimónia oficial. Soares decidiu não comparecer às comemorações quando viu o anúncio da associação.



A sua opinião76
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 25.04.2012

Não foi nem fez falta, até o povo agradecia que se fosse embora do País. Seria menos um a comer e bem do orçamento do Estado, alimentado pelos nossos impostos. Fora com esta canalha...

Lourenço 24.04.2012

Este Soares é um dos que merecia ser julgado por ser uma fraude.

refugiado do ultramar 24.04.2012

O buchechas andou por França a chular os Portugueses. Veio pra Portugal e continuou. Enganou troianos e troikas. Militares, comeram à grande das ex-Colónias, construiram e compraram grandes andares na Reboleira. Autopromoveram-se, sacaram tudo do pote e hoje são um peso chorudo para os Portugueses susterem.

miguel almeida 24.04.2012

Antes do 25 de Abril havia os Velhos do Restelo. Após o 25 de Abril passou haver os Velhos da Reboleira. Quer uns, quer outros não valem senão mais um encargos aos Portugueses. O que produzem é zero. Que se danem, estão gordos de mais.

ver mais comentários
pub