Américas Sobe para 39 número de mortes nos EUA relacionadas com tempestade Harvey

Sobe para 39 número de mortes nos EUA relacionadas com tempestade Harvey

As autoridades dos Estados Unidos elevaram, na noite de quinta-feira, para 39 o número de mortes provocadas direta ou indiretamente pela tempestade Harvey.
Sobe para 39 número de mortes nos EUA relacionadas com tempestade Harvey
Reuters
Lusa 01 de setembro de 2017 às 07:34
A porta-voz Instituto de Ciências Forenses do condado de Harris Tricia Bentley afirmou na noite de quinta-feira que foi confirmada a existência de mais sete mortes relacionadas com a tempestade tropical Harvey.

Só no condado de Harris, que acolhe Houston, foram contabilizadas 25 vítimas mortais. Na manhã de quinta-feira, Tricia Bentley tinha advertido que a morgue estava perto de atingir a sua capacidade devido à chegada de corpos relacionados com a tempestade e a outras mortes ocorridas na quarta maior cidade dos Estados Unidos.

As autoridades afirmaram que as inundações devem cessar em grande parte da cidade de Houston e do condado de Harris hoje ao final do dia ou na manhã de sábado.

Jeff Lindner, meteorologista de Harris, afirmou que o Harvey inundou aproximadamente 136 mil estruturas no condado -- o equivalente a 10% de todas as infraestruturas listadas na base de dados de Harris --, falando, no entanto, de uma estimativa conservadora.

O Harvey chegou como furacão de categoria 4 numa escala de 5 no passado fim de semana e converteu-se dias depois numa tempestade tropical, até ter passado, finalmente, esta quarta-feira, a depressão.

Em Houston, cidade de 2,3 milhões de habitantes, o Harvey causou inundações sem precedentes na história dos Estados Unidos e enormes prejuízos que devem levar até meses a contabilizar.

Este é o primeiro desastre natural que Trump enfrenta enquanto Presidente dos Estados Unidos.

Donald Trump vai regressar no sábado ao estado do Texas, para visitar as zonas mais afetadas pelas inundações provocadas pelo Harvey.

Trump esteve na terça-feira em Corpus Christi, cidade com 320 mil habitantes onde o furacão Harvey tocou terra na sexta-feira, mas que não foi tão afectada pelas chuvas como Houston.

O Presidente norte-americano também esteve em Austin, capital do Texas, onde se reuniu com as autoridades estatais e com os serviços de emergência.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub