Saúde Sobe para 54 o número de infectados no surto de legionella do São Francisco Xavier

Sobe para 54 o número de infectados no surto de legionella do São Francisco Xavier

O surto de 'legionella' no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, infectou até ao momento 54 pessoas, encontrando-se actualmente sete internadas em Unidades de Cuidados Intensivos, informou esta quarta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).
Sobe para 54 o número de infectados no surto de legionella do São Francisco Xavier
Sara Matos
Lusa 15 de novembro de 2017 às 18:14
O surto, que já causou cinco mortos, afectou mais mulheres do que homens e a maioria (67%) tinha 70 ou mais anos. Todos os infectados tinham história de doença crónica ou factores de risco.

Até ao momento, 15 doentes tiveram alta clínica, mantendo-se 27 internados em enfermaria.

O primeiro caso de doença dos legionários, provocada pela bactéria 'Legionella pneumophila', foi confirmado a 31 de Outubro. Até hoje, o dia com mais casos confirmados foi 4 de Novembro (12 casos).

A 'legionella' é responsável pela doença dos legionários, uma forma de pneumonia grave que se inicia habitualmente com tosse seca, febre, arrepios, dor de cabeça, dores musculares e dificuldade respiratória, podendo também surgir dor abdominal e diarreia. A incubação da doença tem um período de cinco a seis dias depois da infecção, podendo ir até 10 dias.

A infecção pode ser contraída por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada. Apesar de grave, a infecção tem tratamento efectivo.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Isso é tudo uma cambada de incompetentes desde o desGoverno até aos responsáveis pelas unidades afectadas. Até ao final de Março prevejo que haja cerca de 500 infectados e de 50 óbitos. Então, se não há dinheiro para medicação nem para material de cirurgia, estão à espera de quê? Fui operado aos palpos dos olhos em 2016 no Hospital dos Capuchos, durante a cirurgia uma das operadoras pediu à assistente uma tesoura de pontas curvas, a resposta foi de que só havia uma e num gabinete na altura indisponível. Pois bem, fiquei com uma deformação no olho direito que dizem não ter nada a haver com a dita tesoura e propuseram-se a operar-me de novo. Resposta, nem que a vaca tussa!

pub