Justiça Sócrates processa o Estado por violação de prazos legais  

Sócrates processa o Estado por violação de prazos legais  

José Sócrates apresentou hoje uma acção contra o Estado no Tribunal Administrativo de Lisboa por violação dos prazos máximos legais do inquérito da Operação Marquês, disse à Lusa fonte ligada ao processo.
Sócrates processa o Estado por violação de prazos legais  
Lusa 03 de fevereiro de 2017 às 19:48

José Sócrates apresentou hoje uma acção contra o Estado no Tribunal Administrativo de Lisboa por violação dos prazos máximos legais do inquérito da Operação Marquês, disse à Lusa fonte ligada ao processo. 

 

Está marcada para hoje às 20:00 uma conferência de imprensa com a presença do antigo primeiro-ministro e dos seus advogados de defesa. 

 

José Sócrates esteve preso preventivamente mais de nove meses e está indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

 

Dois anos após o início do inquérito, que a 20 de Novembro de 2014 produziu as primeiras detenções, a investigação do Ministério Público continua sem que exista acusação ou arquivamento, estando prevista uma decisão do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) para 17 de Março.

 

A notícia da acção foi avançada pela Sic Notícias

 

 


A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tens de devolver o que roubaste, escroque 03.02.2017

És um ser desprezível, porco.
És um ladrão de dinheiros públicos, de dinheiros de todos nós e, ainda por cima, nos estás a procurar levar por atrasados mentais.
O lado mau da democracia é dar hipóteses demais a pulhas como este, quando o seu lugar é, desde o primeiro momento, na choldra.

Anónimo 03.02.2017

mas ainda dao tempo de antena a este fdp queres processar o estado oh meu grande animal tu e que devias tar ja preso para o resto da vida a comer mer* como os portugueses andam a passar mal tudo por tua culpa meu grande vigarista so gostava que os terroristas metessem uma boma nestes politicos todos isso sim batia palmas e uma vergonha

O LUGAR DESTE CAN-ALHA É MESMO ATRÁS DAS GRADES 03.02.2017

O que não está minimamente em causa é a imperiosidade de este biltre corrupto, de nome SÓCRATES, dever ser punido com largos anos de prisão efectiva e - isto é que dói aos ladrões dos dinheiros públicos - ser obrigado a devolver o que roubou.
O que está mal, muito mal, é a lentidão da Justiça.

A sorte do canal-ha é isto ser o paraíso do crime 03.02.2017

Com este tipo de Justiça, que é uma verdadeira farsa, este escroque dá-se ao luxo de ir até ao ponto de gozar com a inteligência de todos nós, que o topamos de ginjeira e sabemos, sem qualquer dúvida, que se trata de um pulha da pior espécie, cuja vida que leva explica bem que mente como respira.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub