Angola Sonangol desmente demissão de Isabel dos Santos

Sonangol desmente demissão de Isabel dos Santos

Correu na rede Whatsapp uma nota de imprensa atribuída à Presidência da República de Angola, anunciando a demissão de Isabel dos Santos da Sonangol. Fonte oficial da petrolífera angolana desmente esta informação,
Sonangol desmente demissão de Isabel dos Santos
Celso Filipe 03 de novembro de 2017 às 12:58
Isabel dos Santos foi demitida da Sonangol. A notícia desta saída correu na rede WhatsApp, dando como fonte uma nota de imprensa atribuída à Presidência da República de Angola e assinada por João Lourenço. Fonte oficial da petrolífera angolana, contactada pelo Negócios desmente esta informação.

Em Portugal esta notícia foi avançada pela RTP, mas segundo o Negócios apurou trata-se de mais uma notícia falsa, prática que tem sido habitual nas últimas semanas em Angola.

A exoneração que João Lourenço efectuou foi na Ferrangol, como consta no site da Presidência de Angola. A nota que foi colocada a circular, atribuída à Presidência da República, coloca administradores da Ferranagol como sendo da Sonangol, facto que comprova a falsidade da mesma.

Nos últimos dias a pressão sobre Isabel dos Santos e as notícias relativas à sua saída têm sido uma constante, sinal de que a gestora se encontra sob fogo cruzado e são muitas as pressões para que o presidente angolano, João Lourenço, a demita.

Nessas notícias falsas, veiculadas através do WhatsApp, a saída de Isabel dos Santos é definida como "o grito de vitória do povo oprimido que se verá livre do casulo de lusitanização do sector estratégico e nevrálgico da nação angolana" e a sua putativa demissão por parte de João Lourenço é classificada com um "acto heróico e soberano".

A realidade é que em Angola o momento político é de "mosquitos por cordas". Reina a contra-informação e o actual Presidente da República, João Lourenço, e o ex-Presidente e líder do MPLA, José Eduardo dos Santos, aparentam estar numa trajectória de afastamento.

Estes rumores alimentam-se de factos, tais como as demissões de Walter Filipe e de Carlos Sumbula, dos cargos de governador do Banco Nacional de Angola e da Endiama (empresa diamantífera angolana), figuras tidas como muito próximas de José Eduardo dos Santos e desembocam na exoneração de Isabel dos Santos. E a pressão para a sua saída da Sonangol é cada vez maior.

Este clima de tensão é descrito pelo jornalista Gustavo Costa, que assina esta sexta-feira, 3 de Novembro, no Novo Jornal, a coluna de opinião "Palavra de Honra" na qual escreve: "O sr. João [Lourenço] está metido num vespeiro de abelhas alimentado por um sistema que faz da intriga o alimento visceral da politiquice e a principal fonte de abastecimento e de sobrevivência de muitos dos seus mais altos agentes."




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O QUE TENS NÃO É NADA DE TEU, PORQUE O ROUBASTE Há 2 semanas

Com o papá fora do Poder, creio que esta "vendedora de ovos" multimilionária ( através do gamanço do seu próprio povo, que geme, na miséria ) ainda irá ter muitos dissabores.

XULOS NOJENTOS ANDAM A MARRAR NO BCP Há 2 semanas


SEUS SUINOS SABEM QUE HOJE OS RATINGS VÂO SUBIR POR ISSO TOCA A MARRAR NO BCP BEM PARA BAIXO QUE È PARA ENCHEREM A MULA GATUNOS VÃO GAMAR A VOSSA MÃE

Portugues Há 2 semanas

A muito que deveria ser emitido uma ordem de prisão a esta sujeita, o Vale e Azevedo ao pé desta ladra é um menino, lá ter roubado Angola isso é la com eles, assim como assim são independentes, agora usar empresas portuguesas para lavagem de capitais, alto e para o baile.

gatogato Há 2 semanas

..."vespeiro de abelhas"...? Isto é demasiado erudito para mim. I'm out!

pub