Europa Sondagem: Cidadãos vence na Catalunha e bloco independentista em queda

Sondagem: Cidadãos vence na Catalunha e bloco independentista em queda

O bloco independentista conseguiria eleger entre 66 e 67 deputados - ficando, na melhor das hipóteses, a um deputado da maioria absoluta - segundo os resultados da sondagem conhecida esta segunda-feira.
Sondagem: Cidadãos vence na Catalunha e bloco independentista em queda
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 04 de dezembro de 2017 às 12:36
O partido Ciudadanos (Cidadãos) seria o mais votado na Catalunha se as eleições autonómicas fossem hoje. É o que mostra uma sondagem divulgada esta segunda-feira, 4 de Dezembro, que coloca ainda os partidos independentidas aquém da maioria absoluta, tanto em termos de votos como de lugares no Parlament.

Desde a invocação do artigo 155.º, este é o primeiro estudo de opinião em que o a força vencedora não pertence ao campo soberanista. Nas anteriores sondagens, a ERC (esquerda independentista) surge sempre na primeira posição. Os resultados do inquérito hoje conhecido sublinham ainda os ganhos eleitorais - pelo menos em termos de intenções de voto - por parte do Ciudadanos, que foi desde sempre favorável a uma linha dura contra os independentistas, defendendo a intervenção do Governo central.

Tendo em vista as eleições de dia 21 de Dezembro, as estimativas apontam para que o Ciudadanos alcance 22,5% dos votos e entre 31 e 32 lugares no parlamento. Já as forças independentistas juntas (Junts per Catalunya de Carles Puigdemont, Esquerra Republicana Catalunya - ERC- e Candidatura d'Unitat Popular - CUP) não vão além dos 44,4%, apesar de o segundo partido mais votado ser a ERC, com 20,8%. 

Segundo o estudo de opinião do CIS, em conjunto, as formações independentistas conseguiriam eleger entre 66 e 67 deputados - ficando, na melhor das hipóteses, a um deputado da maioria absoluta, enquanto Ciudadanos, Socialistas, PP e Podemos elegariam entre 68 e 69 do total de 135 deputados. O bloco constitucionalista - Ciudadanos, Socialistas e PP - ficaria com entre 59 e 60 lugares.

No início do mês passado uma outra sondagem, também do CIS, já demonstrava que a ameaça independentista catalã estaria a contribuir para reforçar as intenções de voto do Cidadãos, partido nascido na Catalunha e que tem na sua génese o combate ao independentismo catalão.



Saber mais e Alertas
pub