Economia Sondagem: PSD aumenta a distância para o PS, Centeno é o pior ministro

Sondagem: PSD aumenta a distância para o PS, Centeno é o pior ministro

Depois de uma aproximação do PS em Janeiro, o PSD volta a destacar-se nas intenções de voto, segundo o barómetro da Aximage. As expectativas no Governo de António Costa caíram de 42 para 19.
Sondagem: PSD aumenta a distância para o PS, Centeno é o pior ministro
Bruno Simões 08 de Fevereiro de 2016 às 08:00

O PSD é o partido que lidera as intenções de voto. Segundo o barómetro político de Fevereiro da Aximage, para o Negócios e o Correio da Manhã, o partido liderado por Pedro Passos Coelho recolhe 36,1% das intenções de voto, aumentando a distância para o PS, que tem 34,8% das preferências. A distância entre os dois era de apenas quatro décimas no mês passado, com vantagem do PSD, e agora aumenta para 1,3 pontos.

 

O Bloco de Esquerda reforçou a terceira posição, com 10,9% das intenções de voto (tinha 10% em Janeiro), enquanto a CDU perde duas décimas, recolhendo 6,6% das preferências dos inquiridos. O CDS afunda para apenas 2,7% das intenções de voto, acentuando o resultado de Janeiro (3,3%).

 

Participaram no inquérito da Aximage 606 pessoas, a quem foram feitas entrevistas a 30 e 31 de Janeiro.

 

Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda, é agora a líder com melhor avaliação, com uma nota de 13,1 (num indicador que varia de 0 a 20). A bloquista troca de posição com António Costa, que cai precisamente de 13,1 em Janeiro para 10,8 no corrente mês. Passos Coelho é o terceiro líder com melhor nota, 10,3, embora registe também uma queda face a Janeiro (tinha 11,5).

 

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, mantém a quarta posição, em que já se encontrava em Janeiro, mas agora com um resultado bem pior: a avaliação, oito, já é negativa (era de 10,6 em Janeiro). Paulo Portas reforçou a última posição, com 7,6 (tinha 8,6).

 

Expectativas no Governo caem

 

Depois de as expectativas no Governo de António Costa terem disparado para um índice de 42 (que varia entre 100 e -100), este mês já caíram para 19. No último mês do Governo anterior, o Executivo de Passos Coelho registava um índice de expectativas negativo: -13. A maioria dos inquiridos, 53,6%, considera que o actual Executivo está a governar de acordo com as expectativas. 25,2% consideram que está a governar pior e apenas 16,3% defendem que está a governar melhor.

 

Apesar disso, António Costa continua a ser o líder em que os portugueses mais confiam para primeiro-ministro, com 48,1% dos inquiridos a indicarem o seu nome. Passos Coelho está a pouco mais de seis pontos de distância, com 41,9% das preferências.

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, é considerado o melhor ministro, seguido por Mário Centeno. O ministro das Finanças é, aliás, o ministro de quem os inquiridos mais se recordam. E é também considerado o pior ministro.


FICHA TÉCNICA Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 606 entrevistas efectivas: 287 a homens e 319 a mulheres; 56 no Interior Norte Centro, 86 no Litoral Norte, 103 na Área Metropolitana do Porto, 116 no Litoral Centro, 170 na Área Metropolitana de Lisboa e 75 no Sul e Ilhas; 110 em aldeias, 154 em vilas e 342 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

Técnica:
Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 30 e 31 de Janeiro de 2016, com uma taxa de resposta de 86,4%.

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 606 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma "margem de erro" - a 95% - de 4,00%).

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.




A sua opinião130
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Mr.Tuga 08.02.2016

Como é possível aquela pindérica arrogante e demagoga do BE ter este nível de votos?!?!?!
Só mesmo neste sitio atrasadito!

comentários mais recentes
Anónimo 10.02.2016

Por amor de Deus este jornal tem obrigação de ser mais isento.Irra, isto é demais.

. 09.02.2016

.

Anónimo 09.02.2016

"O M da saúde é considerado o melhor ministro, seguido de M Centeno,etc. M Centeno é considerado o pior ministro, etc.". Afinal em que ficamos ó snrs do JN? É a trafulhice do escriba a juntar à trafulhice das sondagens?

Anónimo 09.02.2016

"O M da saúde é considerado o melhor ministro, seguido de M Centeno,etc. M Centeno é considerado o pior ministro, etc.". Afinal em que ficamos ó snrs do JN? É a trafulhice do escriba a juntar à trafulhice das sondagens?

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub