Negócios num minuto  Sorte ou competência? Economia dos EUA acelera

Sorte ou competência? Economia dos EUA acelera

O jornalista Nuno Aguiar descreve como, apesar dos sucessivos escândalos, a economia americana está a acelerar desde que Donald Trump foi eleito. Sorte ou competência?
A carregar o vídeo ...
Negócios 08 de novembro de 2017 às 14:53



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Em comparação com Marcelo e o seu governo das esquerdas unidas, Obama foi um fanático ultra neoliberal: "Job shifts under Obama: Fewer government workers, more caregivers, servers and temps" www.pewresearch.org/fact-tank/2015/01/14/job-shifts-under-obama-fewer-government-workers-more-caregivers-servers-and-temps/ Os norte americanos podem dizer: "Obrigado Obama", do mesmo modo que os portugueses podem dizer: "Obrigado Passos Coelho".

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Digam lá qual a "labor force participation rate" dos EUA. Nos EUA está em níveis mínimos só comparáveis aos da década de 1970. Se analisarmos por género, o indicador está no nível mínimo absoluto para o género masculino desde pelo menos o registo oficial referente a 1948. O capital substitui-se ao trabalho a passos largos, firmes e felizmente irreversíveis.

Anónimo Há 1 semana

Em comparação com Marcelo e o seu governo das esquerdas unidas, Obama foi um fanático ultra neoliberal: "Job shifts under Obama: Fewer government workers, more caregivers, servers and temps" www.pewresearch.org/fact-tank/2015/01/14/job-shifts-under-obama-fewer-government-workers-more-caregivers-servers-and-temps/ Os norte americanos podem dizer: "Obrigado Obama", do mesmo modo que os portugueses podem dizer: "Obrigado Passos Coelho".

pub