Impostos Supermercados obrigados a usar sacos reutilizáveis nas entregas ao domicílio

Supermercados obrigados a usar sacos reutilizáveis nas entregas ao domicílio

A medida consta da versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2018, a que o Negócios teve acesso e vem complementar as regras da contribuição sobre os sacos de plástico, entrada em vigor em 2015.
Supermercados obrigados a usar sacos reutilizáveis nas entregas ao domicílio
Bruno Simão
Filomena Lança 12 de outubro de 2017 às 19:00

A entrega de produtos ao domicílio a consumidores finais deverá passar a ser efectuada mediante a disponibilização de embalagens de serviço reutilizáveis. A medida, de natureza ambiental, está prevista na versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2018, a que o Negócios teve acesso.

 

Esta nova restrição vem complementar as regras sobre os sacos de plástico leves, introduzidas em 2015. Na altura, estes sacos entregues aos consumidores passaram a pagar uma contribuição de oito cêntimos cada um. A sua distribuição gratuita passou a ser proibida.

 

No geral o mercado adaptou-se e as próprias superfícies comerciais passaram a comercializar sacos recicláveis, de papel, ou outros, mais resistentes e reutilizáveis. O Governo quer agora garantir que nas entregas ao domicilio sejam igualmente usados sacos reutilizáveis.

 

A proposta de OE tem ainda outra medida com vista à promoção da "descarbonização da sociedade e transição para a economia circular". Assim, está prevista a constituição de um grupo de trabalho para avaliar a aplicação dos incentivos fiscais associados à redução do consumo de sacos plásticos e a sua aplicação a outros produtos de base plástica descartável e produzidos, nomeadamente, à base de petróleo. Até 31 de Maio deverá ser apresentado um conjunto de propostas e medidas de actuação.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Os Saudosistas do Diabo 14.10.2017

Mais 1 maldade dos Amigos do Diabo, Concordando com melhoramento dos sacos para o Ambiente,Discordando no Pagamento da embalagem (saco) pelo Cliente, pelo Consumidor.
O Resultado foi a economia,a poupança para as grandes Superfícies, o único local que o Cliente tem de Pagar a embalagem.

Anónimo 12.10.2017

http://semtraste.blogspot.pt/2017/08/os-novos-radicais.html

É bom ver o governo focado 12.10.2017

nas coisas importantes. Assim não pensam no facto de metade dos que lá estão serem do tempo do Sócrates. Mas estes não viram e não sabiam de nada.

pub