Economia Trump assina ordem para construir muro entre Estados Unidos e México

Trump assina ordem para construir muro entre Estados Unidos e México

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou hoje duas ordens executivas para aumentar a segurança nas fronteiras e reprimir os imigrantes que vivem ilegalmente no país, tal como estava previsto.
Trump assina ordem para construir muro entre Estados Unidos e México
Reuters
Negócios com Lusa 25 de janeiro de 2017 às 20:09

As duas ordens executivas foram assinadas durante uma cerimónia no Departamento de Segurança Interna, depois de o general na reserva John Kelly ter sido confirmado sexta-feira pelo Senado como secretário da Segurança.

 

As ordens executivas determinam a construção de um muro entre a fronteira dos Estados Unidos e o México, uma das promessas eleitorais de Donald Trump, e retiram fundos federais às chamadas "cidades santuário", que não prendem ou detêm os imigrantes que vivem ilegalmente nos Estados Unidos, ou seja, protegem a deportação de indocumentados.

 

Chicago, Nova Iorque e Los Angeles são algumas das "cidades santuário".

 

O financiamento para construir esta estrutura depende da aprovação do Congresso – embora o presidente tenha feito saber que quem virá a pagar pelo muro serão os cidadãos mexicanos, algo que aquele país nega veementemente que venha a acontecer.

 

O documento que valida a construção deverá ir buscar verbas inscritas noutros programas já existentes, estando ainda por saber a que programas em concreto.

O muro deverá custar, segundo o Government Accountability Office citado pelo New York Times, mais de 10 milhões de dólares por milha (5,8 milhões de euros por quilómetro) – os números não incluem a manutenção da estrutura. E, apesar de a fronteira com o México ter cerca de dois mil quilómetros, em algumas partes dela – nomeadamente entre San Diego e Tijuana, na Baixa Califórnia – já existem muros ou vedações.

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 25.01.2017

Vamos ver se Trump acompanha o muro com uns banquinhos tambem em pedra de um lado e do outro para fazerem umas petiscadas quando o tempo estiver bom.

Filipe 25.01.2017

Prometeu o muro e... Avança com o muro. Resta saber quem o vai construir, provavelmente alguma empresa dele. Empregos para a família já arranjou, para amigos também. Para candidato que se dizia "anti-sistema" está a começar bem.

ccc 25.01.2017

Promete e cumpre! Os políticos profissionais que tirem daqui alguma lição!

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub