Américas Trump confirma que CEO da Exxon será secretário de Estado

Trump confirma que CEO da Exxon será secretário de Estado

Rex Tillerson é o CEO da maior petrolífera norte-americana há 10 anos e tem relações "muito próximas" com Vladimir Putin.  
Trump confirma que CEO da Exxon será secretário de Estado
Reuters
Nuno Carregueiro 13 de dezembro de 2016 às 10:25

Donald Trump confirmou esta terça-feira, 13 de Dezembro, que Rex Tillerson será o secretário de Estado da sua administração, destacando o sucesso do actual CEO da Exxon na liderança de uma companhia global.

 

Está assim confirmada a notícia avançada pela imprensa norte-americana no fim-de-semana, que dava conta que Tillerson era o candidato mais bem colocado para assumir um lugar chave na administração de Trump.

 

Tillerson "vai ser um defensor poderoso e com uma visão clara dos vitais interesses da América, ajudando a reverter anos de política externa errada e acções que enfraqueceram a segurança nos Estados Unidos e no mundo", refere um comunicado de Trump a oficializar a nomeação.

 

Na mesma fonte, o ainda CEO da Exxon diz que partilha com o presidente eleito "a visão de restabelecer a credibilidade das relações externas dos Estados Unidos e melhorar a segurança nacional do país".

O texano de 64 anos foi a escolha final depois da aprovação de vária figuras chave do Partido Republicano, como os antigos secretários de estado James Baker e Condoleeza Rice, bem como de Robert Gates, antigo secretário da Defesa. Ganhou a corrida a Mitt Romney, Alan Mulally (antigo CEO da Ford),  David Petraeus (antigo director da CIA), Bob Corker (antigo senador), John Bolton (antigo embaixador dos EUA nas Nações Unidas) e Dana Rohrabacher.

 

O actual CEO da Exxon Mobil tem 64 anos e atinge em Março o limite de idade para continuar a liderar a maior petrolífera dos Estados Unidos, onde trabalha desde 1975 e é CEO desde 2006.

 

A diplomacia norte-americana vai assim ficar nas mãos de um gestor que tem actualmente fortes ligações à Rússia e a Vladimir Putin, tendo fechado com aquele país vários negócios de elevados montantes.

 

Em entrevista à Fox News, no domingo, Trump já tinha deixado fortes elogios a Tillerson. "É mais do que um homem de negócios. É um ‘player’ de classe mundial", disse o presidente eleito, assinalando que está aos comandos "daquela que penso ser a maior empresa mundial".

 

Trump destacou que o actual CEO da Exxon tem a "grande vantagem" de já conhecer "grande parte dos players mundiais "e de efectuar "negócios massivos com a Rússia".

  

Tillerson negociou em 2011 uma parceria com a Rússia, avaliada em 500 mil milhões de dólares, sendo que no ano seguinte o Kremlin condecorou o CEO da Exxon com uma distinção de topo para cidadãos estrangeiros. Este acordo permitiu à Exxon explorar campos petrolíferos no Ártico e reforçar a ligação à estatal russa Rosfnet.

 

Tillerson será assim o primeiro texano e o primeiro gestor da indústria petrolífera a assumir o cargo de secretário de Estado, numa decisão de Trump que irá causar polémica devido à ligação do gestor à Rússia, sobretudo numa altura em que crescem as suspeitas (por parte da CIA) de que hackers russos tentaram interferir nos resultados das eleições. A Exxon tem presença em 50 países e todos os continentes.

 

A escolha do ainda CEO da Exxon tem de ser aprovada no Senado, uma tarefa que não se adivinha fácil, tendo em conta as suas fortes relações com o chefe de Estado russo. John McCain, uma figura de relevo dos republicanos e antigo candidato presidencial, disse à Reuters "tinha preocupações" com a escolha de Tillerson, pois "toda a gente sabe que tem uma relação muito próxima com Putin". 


(notícia actualizada às 11:59 com oficialização da nomeação)




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 13.12.2016

CONHECE BEM CABINDA EM ANGOLA!!!!!!!1

Anónimo 13.12.2016

" The seven sisters " https://www.youtube.com/watch?v=XtYOjMmEMeg

pub
pub
pub
pub