Ásia Trump diz que vai ser encontrada solução para a crise com Coreia do Norte

Trump diz que vai ser encontrada solução para a crise com Coreia do Norte

"Vamos tratar da situação da Coreia do Norte com os principais generais. Em última instância, tudo se resolverá. Sempre se resolve. Tem de se resolver", disse Trump.
Trump diz que vai ser encontrada solução para a crise com Coreia do Norte
Reuters
Negócios 07 de novembro de 2017 às 07:53

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje, ao visitar uma base militar norte-americana na Coreia do Sul, que "tudo se vai resolver" em relação ao programa nuclear da Coreia do Norte.

 

"Vamos tratar da situação da Coreia do Norte com os principais generais. Em última instância, tudo se resolverá. Sempre se resolve. Tem de se resolver", disse Trump em Camp Humphreys, onde se deslocou para almoçar com as tropas norte-americanas. A base militar fica a apenas 100 quilómetros da fronteira com a Coreia do Norte.

 

No início da visita de 24 horas à Coreia do Sul, Trump elogiou o seu homólogo Moon Jae-in, destacando a "grande cooperação" do presidente sul-coreano na crise com a Coreia do Norte, apesar das diferenças na abordagem ao conflito e dos diferendos sobre o acordo comercial vigente entre os dois países.

 

Segundo a Reuters, Moon disse a Trump que esperava que a sua visita ao país aliviasse alguma da ansiedade dos sul-coreanos com a Coreia do Norte e marcasse um "ponto de viragem na resolução da crise nuclear".

 

Depois da visita ao Japão, Trump está na segunda etapa da viagem a cinco países asiáticos, sendo que a crise nuclear da Coreia do Norte é um dos pontos fortes da agenda.  

 

Em Pyongyang a proximidade de Trump tem sido ignorada, sendo que a Coreia do Norte não efectua qualquer teste com misseis há 53 dias, o que representa o período mais longo deste ano.

 

Os acordos comerciais são outros dos objectivos da visita da Trump a cinco países asiáticos. O presidente dos Estados Unidos chegou a ameaçar acabar com o acordo com a Coreia do Sul devido ao facto de Seul insistir na via diplomática com o país vizinho.

 

"Espero que [o acordo comercial] comece a funcionar. Quando começar vamos criar muitos postos de trabalho nos Estados Unidos e essa é uma das razões pelas quais eu estou aqui", disse Trump aos jornalistas.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
FOSUN : MILENIUM BCP a 0.50 Há 2 semanas






A FOSUN não larga a HIPOTESE de FICAR com todo o BCP por isso não ABDICA de ir AUMENTANDO o NUMERO DE SHORTS para que no LANÇAMENTO da OPA não SEJA ULTRAPASSADO o VALOR DE 0.50 por AÇÃO

pub