Política Monetária Trump diz que Yellen se mantém na corrida à liderança da Fed

Trump diz que Yellen se mantém na corrida à liderança da Fed

O presidente norte-americano declarou ao The Wall Street Journal que tem muito respeito pela actual presidente do banco central e que Yellen estará na corrida para o novo responsável pelas rédeas da Fed.
Trump diz que Yellen se mantém na corrida à liderança da Fed
Andrew Harrer/Bloomberg
Carla Pedro 25 de julho de 2017 às 21:59

No final de Janeiro do próximo ano terá início um novo um mandato de quatro anos na presidência da Reserva Federal norte-americana. A actual presidente, Janet Yellen, tem sido tida como uma escolha pouco provável por parte de Donald Trump. Mas hoje, em declarações ao The Wall Street Journal, o chefe da Casa Branca disse que essa hipótese não está de lado.

 

Trump afirmou que tem "imenso respeito" por Janet Yellen e que a actual responsável pela política monetária dos EUA continua na corrida – neste caso para renovar o mandato.

 

No entanto, o presidente norte-americano indicou também que o director do Conselho Económico Nacional da Casa Branca, Gary Cohn, será igualmente um candidato de peso para a ocupar aquela posição.

 

Cohn, um dos conselheiros para a área económica mais próximos de Trump, tem vindo a ser apontado como um provável sucessor de Yellen.

 

A Fed termina amanhã a sua reunião de política monetária, de dois dias, e não são esperadas novidades. Os membros do comité do banco central norte-americano deverão deixar inalterada a taxa directora num intervalo entre 1% e 1,25%. Ainda assim, Janet Yellen deverá deixar novas pistas sobre uma futura subida dos juros, adiando para Setembro novas decisões.

 

Recorde-se que no passado dia 14 de Junho a Fed decidiu avançar com uma nova subida de 25 pontos base nos juros, colocando a sua taxa de referência num intervalo entre 1% e 1,25%. Nessa reunião de 13 e 14 de Junho, os responsáveis do comité de política monetária da Fed não conseguiram, contudo, chegar a acordo quanto à data em que devem começar a "encolher" o seu vasto balanço, indicaram as actas dessa reunião.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub