União Europeia Trump enaltece a "formidável vitória" de Macron

Trump enaltece a "formidável vitória" de Macron

"É uma grande honra poder estar com o novo Presidente da França, que fez uma campanha incrível e conseguiu uma formidável vitória", disse o chefe de Estado norte-americano.
Trump enaltece a "formidável vitória" de Macron
Reuters
Lusa 25 de maio de 2017 às 14:59

O presidente norte-americano, Donald Trump, enalteceu hoje a "formidável vitória" do seu homólogo francês, Emmanuel Macron, no decorrer do primeiro encontro entre ambos os chefes de Estado, na embaixada dos Estados Unidos em Bruxelas.

 

Depois do tradicional aperto de mão, Donald Trump felicitou Macron pelo seu desempenho na campanha para as presidenciais francesas, que culminaram com a sua vitória sobre a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen.

 

"É uma grande honra poder estar com o novo Presidente da França, que fez uma campanha incrível e conseguiu uma formidável vitória", disse o chefe de Estado norte-americano, que em repetidas ocasiões tem elogiado o seu próprio desempenho nas presidenciais americanas de Novembro, que ganhou contra todas as sondagens.

 

"Toda a gente, em todo o mundo, fala de si. Bravo. Bem jogado!", acrescentou Trump, acrescentando depois que pretende debater vários temas com Macron, incluindo a luta contra o terrorismo.

 

Quanto a Emmanuel Macron mostrou-se "muito feliz" por estar com Trump, reforçando que ambos vão discutir o terrorismo, mas acrescentando um ponto de agenda: "os temas do clima e a energia".

 

Macron tem sido crítico das políticas de Trump, incluindo a sugestão do Presidente americano de que os EUA poderão abandonar o Tratado de Paris sobre alterações climáticas.

 

No contacto com a imprensa, o Presidente americano recusou ainda responder a uma pergunta de um jornalista sobre as fugas de informação nos meios de comunicação social norte-americanos sobre pormenores da investigação ao atentado de Manchester, que ameaçam a cooperação entre os serviços secretos do Reino Unido e dos EUA.

 

Antes do encontro com Macron, Trump esteve com o presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, na sede do Conselho Europeu. Tajani disse que Trump lhe transmitiu uma "mensagem de amizade a favor da Europa".

 

"Falava-se muito de Trump na campanha eleitoral nos Estados Unidos como um presidente que poderia estar contra a Europa e a mim parece-me o contrário", indicou Tajani em declarações à agência espanhola EFE.

 

Tajani classificou Trump como "um Presidente americano que gosta de falar com os europeus, amigo dos europeus".

 

"Isto é muito positivo para nós porque os Estados Unidos são um amigo, o amigo número um", disse o presidente do Parlamento Europeu.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 25.05.2017

Já se sabe que foi por causa do Centeno, ora.

comentários mais recentes
Anónimo 25.05.2017

Já se sabe que foi por causa do Centeno, ora.

pub