Américas Trump nomeia dono de equipa de futebol para embaixador no Reino Unido

Trump nomeia dono de equipa de futebol para embaixador no Reino Unido

Woody Johnson, de 70 anos, é bisneto do fundador da Johnson & Johnson's e dono dos New York Jets. Foi apoiante de Jeb Bush nas primárias e viria depois a apoiar Trump. Agora seguirá para Londres numa altura em que se negoceia o Brexit.
Trump nomeia dono de equipa de futebol para embaixador no Reino Unido
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 23 de junho de 2017 às 09:15

Woody Johnson, dono da equipa de futebol americano New York Jets, é a escolha de Donald Trump para embaixador dos Estados Unidos no Reino Unido.

O empresário de 70 anos (na foto) é, segundo a Bloomberg, também dono da empresa de gestão de activos Johnson Co., bisneto do fundador da Johnson & Johnson, além de ter sido conselheiro da presidência para as exportações.

A equipa dos Jets, de que é dono, foi avaliada em 2.600 milhões de dólares, e também é conhecida a relação próxima de Johnson com Trump e  com o partido republicano, tendo sido financiador da campanha de Jeb Bush nas primárias.

Quando Bush saiu da corrida, Johnson apoiou Trump, a cuja campanha republicana doou 349 mil dólares. 

O nome de Woody Johnson para o cargo - o posto de Londres é normalmente atribuído a financiadores de referência em campanha - terá ainda de ser confirmado pelo Senado. 

Entre as tarefas que o esperam, caso seja confirmado, está o desenho das relações económicas com os britânicos no pós-Brexit - cujas negociações para a saída do Reino Unido da UE se iniciaram esta semana -, bem como a preparação de terreno para a visita de Estado de Trump ao país.

Uma deslocação que, segundo a imprensa internacional, estará dependente da melhoria da opinião pública britânica em relação ao novo inquilino da Casa Branca.

Esta semana foi também conhecida a indicação de Trump para liderar a embaixada dos EUA em Portugal. Será George Edward Glass, um empresário do ramo imobiliário de Portland, Oregon, também dependente de validação do Senado.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub