Economia União Europeia impede venda de produtos de luxo à Síria

União Europeia impede venda de produtos de luxo à Síria

Os responsáveis europeus reunidos hoje em Luxemburgo proibiram a exportação de produtos de luxo para o país controlado pelo Bashar al-Assad, com o objectivo de fragilizar o seu regime.
Negócios 23 de abril de 2012 às 12:35
O ministro dos Negócios Estrangeiros austríaco, Michael Spinddelegger, disse, à entrada para uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, que a União Europeia decidiu aumentar a pressão sobre o regime sírio, revela a Bloomberg.

“Isso está agora na agenda”, disse o diplomata citado pela agência noticiosa, explicando que o objectivo é reforçar os constrangimentos enfrentados pelo regime sem afectar a oposição.

“Estas sanções contra a Síria vão ser implementadas (…), abrangem produtos de luxo e material que sirva a repressão”, disse uma fonte citada pela Agence France Presse, segundo a SIC Notícias. A decisão teve lugar numa reunião dos embaixadores da Europa 27.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
vegan 23.04.2012

Produtos de luxo? Bah...mais aumenta o trafego clandestino....

pub