União Europeia impede venda de produtos de luxo à Síria
23 Abril 2012, 12:35 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
1
Enviar por email
Reportar erro
0
Os responsáveis europeus reunidos hoje em Luxemburgo proibiram a exportação de produtos de luxo para o país controlado pelo Bashar al-Assad, com o objectivo de fragilizar o seu regime.
O ministro dos Negócios Estrangeiros austríaco, Michael Spinddelegger, disse, à entrada para uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, que a União Europeia decidiu aumentar a pressão sobre o regime sírio, revela a Bloomberg.

“Isso está agora na agenda”, disse o diplomata citado pela agência noticiosa, explicando que o objectivo é reforçar os constrangimentos enfrentados pelo regime sem afectar a oposição.

“Estas sanções contra a Síria vão ser implementadas (…), abrangem produtos de luxo e material que sirva a repressão”, disse uma fonte citada pela Agence France Presse, segundo a SIC Notícias. A decisão teve lugar numa reunião dos embaixadores da Europa 27.

1
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: