Conjuntura UTAO diz que economia pode crescer 2,5% este ano

UTAO diz que economia pode crescer 2,5% este ano

A confirmarem-se as previsões do gabinete que apoia os deputados, a economia teria o maior crescimento numa década, desde 2007, ano em que progrediu na mesma grandeza.
UTAO diz que economia pode crescer 2,5% este ano
Bruno Simão/Negócios
Negócios com Lusa 02 de junho de 2017 às 10:40
A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) estima que, se o crescimento económico dos próximos trimestres for em linha com o projectado pelo Governo do Programa de Estabilidade, o Produto Interno Bruto (PIB) vai crescer 2,5% este ano.

Na nota sobre a execução orçamental até Abril, a que a Lusa teve hoje acesso, a UTAO faz um exercício relativamente ao crescimento económico para o conjunto do ano já considerando os dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) relativos ao primeiro trimestre e que deram conta de um crescimento de 2,8% em termos homólogos e de 1,0% em cadeia.

Segundo a UTAO, "na hipótese dos trimestres remanescentes de 2017 registarem uma variação nula em cadeia, o crescimento anual do PIB situar-se-á em 2,0%", ou seja, mais 0,2 pontos do que a projecção do Governo.

No entanto, se o crescimento em cadeia nos próximos trimestres for conforme o previsto no Programa de Estabilidade deste ano, "o crescimento do PIB em 2017 tenderá a situar-se em torno de 2,5%".

Os técnicos que suportam o parlamento em termos orçamentais estimam ainda que o crescimento económico só corresponderá ao valor esperado pelo Governo, de 1,8%, "apenas no caso de uma contracção em cadeia em torno de 0,2%".

A confirmar-se a subida de 2,5% no final do ano, Portugal atingiria o maior crescimento desde 2007, ano em que registou um crescimento na mesma ordem.

A subida de 2,5% prevista está em linha com a esperada pelos analistas do Montepio, que esta semana reviu em alta as suas projecções. Mais optimista está o ISEG, que antevê um aumento do PIB entre 2,4% e 2,8%, o que poderia, caso superasse os 2,5%, levar a economia a obter o melhor registo em 17 anos. 

Antecipações que ficam, todas elas, acima das metas estabelecidas pelo Governo para o crescimento da economia: subida de 1,5% prevista no Orçamento do Estado, que passou a 1,8% no Programa de Estabilidade.

(notícia actualizada às 11:00 com mais informação)

A sua opinião17
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 semanas

O problema de Portugal é que quando há aumento do investimento, aquele só se dá por causa da conjuntura externa ser boa, e ainda assim, para agravar a situação, o investimento é sempre de má qualidade, mal direccionado, constituindo uma alocação geralmente deficiente e insustentável de capital face às reais tendências e condições de mercado: "Em sentido contrário, o equipamento de transporte desacelerou o crescimento (embora ainda esteja a crescer 10,7%), assim como a propriedade intelectual (0,4%)." e "A FBCF em Construção foi a componente que mais contribuiu para o crescimento da FBCF no 1º trimestre, registando um aumento homólogo de 8,5% em termos reais".

comentários mais recentes
ultimo dia de BCP a 0.25 Há 3 semanas


2ª FEIRA é o último dia de MILENIUM BCP A 0.25 porque na terça vai SAIR UMA NOTICIA BEM FRESQUINHA que vai fazer o BCP POIM POIM POIM POIM POIM saltar mais ALTO que o CANGURU

Conselheiro de Trump Há 3 semanas

A economia da era gerigonca e como 1 tanque de agua:ele sobe e desce consoante o nosso interesse(desejo).Para ja estao assinalados 4.000.000.000 de euros q ninguem consegue dizer onde foram gastos,mas eles voaram disso sabemos.O lambidinho diz q foram em maquinas importadas para a funcao public,sera

Anónimo Há 3 semanas

Anónimo sindicalista, ondas de apoio sem qualquer pertinência ou cabimento para defender causas erradas é o teu forte. O rating de Lixo é todo teu e assenta-te tão bem.

Anónimo Há 3 semanas

Anónimo dos direitos adquiridos, o teu riso é o riso dos néscios.

ver mais comentários
pub