Segurança Social Vieira da Silva: “Não prevemos ir mais longe nas reformas antecipadas” em 2018
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Vieira da Silva: “Não prevemos ir mais longe nas reformas antecipadas” em 2018

O Governo vai continuar a discutir o alívio das penalizações nas reformas antecipadas, mas não pretende avançar mais em 2018. Por ora, fim do factor de sustentabilidade só mesmo para quem tem longas carreiras - cerca de 10 mil pessoas.
A carregar o vídeo ...

PCP e BE pretendem ir mais longe no alívio dos cortes às reformas antecipadas. O Governo tem essa disponibilidade?
Quando aumentamos as pensões eu tenho quase a certeza matemática de quanto é que )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
policia,gnr,militar velhinhos 60 anosSEM CORTES Há 6 horas

A NOSSA CARREIRA É MAIS QUE LONGA- 36 ANOS E 60 DE IDADE

OS TUGAS MANSOS E ESTUPIDOS QUE TRABALHEM ATE AOS 66 ANOS E 4 MESES

VIA A LEI APOSENTAÇÃO DO FASCISMO

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub