Conjuntura Volume de negócios da indústria dispara mais de 10% em Agosto

Volume de negócios da indústria dispara mais de 10% em Agosto

O principal mês do Verão foi positivo para a indústria portuguesa, sobretudo devido à evolução das exportações.
Volume de negócios da indústria dispara mais de 10% em Agosto
Paulo Duarte
Nuno Carregueiro 10 de outubro de 2017 às 11:54

O volume de negócios na indústria portuguesa aumentou 11,3% em Agosto face ao mesmo mês do ano passado, o que representa o crescimento homólogo mais forte desde Março e compara com o aumento de 5,6% verificado em Julho.

 

Os dados do INE mostram que as vendas da indústria portuguesa cresceram a bom ritmo para o mercado interno e para o exterior, embora as exportações tenham registado um crescimento mais acentuado (12,2%) e maior aceleração face a Julho, mês em que o crescimento foi de 2,1%. O volume de negócios da indústria no mercado doméstico passou de um crescimento de 8,1% em Julho para 10,8% em Agosto.

 

Segundo o INE, todos os grandes agrupamentos industriais registaram variações homólogas positivas e superiores às observadas em Julho, destacando-se pela positiva o agrupamento dos bens intermédios, que registou um aumento de 13,6%.

 

Na comparação com Julho, o volume de negócios encolheu 12,8%, uma variação normal uma vez que Agosto é um mês em que muitas fábricas suspendem a produção devido a férias. O bom desempenho registado em Agosto elevou o aumento médio dos últimos 12 meses para 6,8%, o que representa o registo mais elevado deste ano.

 

O volume de negócios na indústria arrancou o ano com uma variação média dos últimos 12 meses de 0,7%, sendo que desde então o crescimento tem vindo sempre a acelerar.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Neves 10.10.2017

Tudo muito bem explicado mas e quanto representa essa percentagem em "cash" transacionado?

Saber mais e Alertas
pub