Educação  “No Poupar Está o Ganho” entrega prémios

“No Poupar Está o Ganho” entrega prémios

Os prémios do concurso “No Poupar Está o Ganho”, uma iniciativa de educação financeira da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, são entregues amanhã, numa cerimónia que contará com a presença do secretário de Estado da Educação, João Costa.
 “No Poupar Está o Ganho” entrega prémios
Negócios 12 de junho de 2017 às 09:00

No concurso, que vai já na sétima edição, serão apresentados cerca de 100 trabalhos. Foram previamente seleccionados os melhores dos 21 municípios participantes. Serão atribuídos prémios, por cada ciclo de ensino, aos vencedores a nível nacional. O projecto envolveu um total de cerca de 4.000 alunos.

 

O "No poupar está o Ganho" é promovido pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, no âmbito do projecto de educação financeira implementado, desde 2009, pelo Museu do Papel Moeda, com o apoio da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, responsável pela validação dos conteúdos pedagógicos. 

O objectivo do projecto é "difundir a educação financeira nas escolas, capacitando os alunos através da transferência de conhecimentos e competências para que possam adoptar comportamentos e atitudes que contribuam para o seu bem-estar financeiro" no presente e no futuro.

 

A sessão solene de apresentação de trabalhos e entrega de prémios  realiza-se na terça-feira, dia 13, na fundação Dr. António Cupertino de Miranda, e contará com a presença do secretário de Estado da Educação, João Costa, além de representantes da Área Metropolitana do Porto e do Plano Nacional de Formação Financeira, uma iniciativa do Banco de Portugal, CMVM e Associação de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub