Educação António Costa defende que educação é "investimento mais precioso"

António Costa defende que educação é "investimento mais precioso"

De acordo com o primeiro-ministro, "combinando o reforço das competências das autarquias com a autonomia das escolas e a competência que o Estado tem que manter no apoio à educação", será possível "fazer um trabalho ainda melhor do que aquele que de se tem feito".
António Costa defende que educação é "investimento mais precioso"
Lusa 10 de fevereiro de 2017 às 18:43
O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta sexta-feira, 10 de Fevereiro, em Santa Marta de Penaguião, que a educação e a formação para adultos é o investimento "mais precioso" que o país pode fazer para o seu desenvolvimento.

Depois de ver a renovada escola EB 2,3 desta vila duriense, o chefe do Governo disse que encerrou com "chave de ouro" a visita ao distrito de Vila Real, onde as empresas e a inovação estiveram em destaque.

"Investir na educação, desde os três anos de idade nos jardins-de-infância até ao fim do ensino superior, investir na educação e na formação de adultos ao longo de toda a vida é o investimento mais precioso que o país pode fazer para o seu desenvolvimento", afirmou.

Por isso mesmo, segundo Costa, no Programa Nacional de Reformas, na estratégia de médio prazo do país, a qualificação dos cidadãos é "absolutamente vital" e ao "longo de toda a vida".

E também, por isso, o primeiro-ministro voltou a destacar "a prioridade" de "reforçar as competências e os meios das autarquias locais".

"E reforçar as competências das autarquias não é diminuir a autonomia das escolas porque cada um deve fazer aquilo que lhe compete fazer", salientou.

De acordo com António Costa, "combinando o reforço das competências das autarquias com a autonomia das escolas e a competência que o Estado tem que manter no apoio à educação", será possível "fazer um trabalho ainda melhor do que aquele que de se tem feito".

A Escola EB 2,3 de Santa Marta de Penaguião abriu no ano lectivo de 2015/16 depois de um investimento de três milhões de euros que foi concretizado em "tempo recorde" e com "derrapagem zero".

Este ano estudam ali 213 alunos dos 2.º e 3.º ciclos, alguns dos quais estão já a desenvolver programação de computadores, um facto que deixou o chefe do Governo admirado.

Esta escola é, para António Costa, um "excelente exemplo de como vale a pena confiar nas autarquias locais e na autonomia das escolas e dos seus docentes.

Durante o dia de hoje, António Costa visitou uma fábrica de produção de antenas para automóveis que exporta 98% da produção, o Centro de Excelência da Vinha e do Vinho, ambas no concelho de Vila Real, e lançou a primeira pedra de um hotel de cinco estrelas na Cumieira, já em Santa Marta de Penaguião.

"E tudo isto nos traz à escola. Tudo isto não era possível se não houvesse escola e a escola é a base a partir da qual qualquer criança começa a ter acesso ao conhecimento", concluiu.

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Concordo 03.03.2017

Diz este vígaro "a educação é um um investimento precioso "
Se a tua mãe te tivesse dado educação,
Agora terias vergonha na tromba, e não passarias o tempo todo a mentir e a aldrabar .

Anónimo 10.02.2017

agora, pela manhã à tarde e à noite levamos com um macaco em todas as tvs...tristeza de país este...

Anónimo 10.02.2017

Era interessante fazer esta simples pergunta: de que fala o sr. quando fala de educação ?...

Anónimo 10.02.2017

Mas a onde é que eu já ouvi isto?

pub
pub
pub
pub