Educação Colégios desafiam Ministério e mantêm turmas cortadas

Colégios desafiam Ministério e mantêm turmas cortadas

Os privados dão mais um passo na disputa com o Ministério da Educação, ao aceitarem alunos para turmas que a tutela garantiu não apoiar por existir disponibilidade na escola pública para receber esses mesmos alunos, escreve o Diário de Notícias.
Colégios desafiam Ministério e mantêm turmas cortadas
Sérgio Lemos/Correio da Manhã
Negócios 25 de agosto de 2016 às 10:09

Os colégios privados estão a manter inscrições para turmas que perderam o financiamento público e a aceitar alunos residentes fora da freguesia onde estão sedeados.

O novo passo na disputa entre os 39 colégios com contratos de associação que perderam o apoio estatal por haver escolas públicas disponível para receber alunos e o Ministério da Educação é contado esta quinta-feira, 25 de Agosto, pelo Diário de Notícias.


Foram vários os colégios a garantir à publicação que têm os horários completos e que decidiram aceitar alunos de fora da sua freguesia, ignorando a limitação imposta pelo ministro Tiago Brandão Rodrigues.  


Os colégios admitem assumir os custos das turmas em questão e ameaçam processar o Estado. A tutela responde que só pagará às escolas com quem assinou contrato para apoiar turmas de início de ciclo.




pub