Educação Fenprof mantém greve por falta de consenso com o Governo

Fenprof mantém greve por falta de consenso com o Governo

A Fenprof disse que não foi possível chegar a um consenso com a tutela e mantém a greve de professores agendada para quarta-feira.
Fenprof mantém greve por falta de consenso com o Governo
Lusa 20 de junho de 2017 às 22:12

"Não foi possível chegar a um consenso. A greve mantém-se", disse o secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira (na foto), à saída da reunião com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e a secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, que hoje decorreu ao final do dia.

 

Por seu lado, o ministro Tiago Brandão Rodrigues justificou a ausência de acordo com constrangimentos que ultrapassam o âmbito de ação do Ministério da Educação

 

"De forma importante pudemos dar passos, mas de forma responsável não foi possível ir mais longe", disse o ministro.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
5640533 21.06.2017

Cara linda.

Anónimo 21.06.2017

a besta...

Mr.Tuga 21.06.2017

Ó camarada PARASITA nogueiras, não desistas!!!
Continua a tua luta que vais ser recompensado!
A luta continua!
Vá lá força!
Estamos todos no privado a trabalhar duro e a torcer por vocês....

Anónimo 20.06.2017

Onde foi parar o dinheiro que seria necessário para Portugal ter modernos e funcionais meios aéreos de combate a incêndios e matas limpas com uma zona de segurança junto às vias públicas? Ao programa de requalificação da função pública não foi porque esse programa foi desmantelado na sua génese. Onde está esse dinheiro?

pub