Educação Rui Vieira de Castro é o novo reitor da Universidade do Minho

Rui Vieira de Castro é o novo reitor da Universidade do Minho

O Conselho Geral da Universidade do Minho elegeu esta terça-feira de manhã o seu novo reitor. Rui Vieira de Castro sucede a António M. Cunha no cargo, que esteve oito anos à frente da academia minhota.
Rui Vieira de Castro é o novo reitor da Universidade do Minho
Universidade do Minho
Bruno Simões 24 de outubro de 2017 às 13:58

Foi esta manhã eleito Rui Vieira de Castro como novo reitor da Universidade do Minho. O professor, de 59 anos, era o único candidato ao cargo e foi eleito pela maioria do Conselho Geral da academia ao final da manhã desta terça-feira. Natural de Vizela, Rui Vieira de Castro foi vice-reitor nos últimos oito anos de António M. Cunha, que agora vai substituir, primeiro com o pelouro da Educação e depois com o do Ensino e Investigação.

 

De acordo com um comunicado da instituição, Vieira de Castro elege como prioridades oferecer "uma educação superior de elevada qualidade", a "consolidação internacional da investigação científica realizada na universidade", aumentar a "presença em redes internacionais, consolidando parcerias estratégicas" ou ainda "melhorar a qualidade de vida nos campi e a qualidade das suas infraestruturas, assumindo os valores da inclusão e da sustentabilidade ambiental".

 

Rui Vieira de Castro é licenciado em Ensino de Português e Inglês precisamente pela Universidade do Minho, e mestre em Linguística Portuguesa Histórica pela Universidade de Lisboa. Também tirou o doutoramento em Educação pela academia minhota. Após uma curta experiência como docente do ensino secundário, ingressou na UM em 1983 e lá desenvolveu toda a carreira profissional.

 

No seu percurso contam-se ainda a liderança de diversos projectos de investigação, uma consultoria ao Ministério da Educação e a docência em várias universidades portuguesas e estrangeiras.

 

A Universidade do Minho tem 19 mil alunos e 1.250 professores. A tomada de posse do novo reitor está marcada para o próximo mês de Novembro.

 

António M. Cunha, que agora cessa um percurso de oito anos como reitor da Universidade do Minho, iniciado em 2009 e renovado em 2013, preside ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, a principal instituição que representa as universidades públicas nacionais.

Outro dos seus vice-reitores, José Mendes, acabaria por ingressar no actual Executivo como secretário de Estado do Ambiente.




pub