Educação Um terço das escolas com média negativa a Matemática no exame do 12.º

Um terço das escolas com média negativa a Matemática no exame do 12.º

A melhor escola pública no exame de Matemática este ano, a Básica e Secundária da Batalha, distrito de Leiria, aparece em 6.º lugar.
Um terço das escolas com média negativa a Matemática no exame do 12.º
Correio da Manhã
Lusa 17 de Dezembro de 2016 às 11:29

Um terço das escolas chumbou no exame nacional de Matemática do 12.º ano, mas a melhor classificada nas provas da disciplina registou uma média de 18 valores, segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação.

O Colégio de São Teotónio, em Coimbra, com 11 exames realizados, registou este ano uma média em exame de 18,01 valores, mais de um valor acima dos 16,91 de média da classificação interna final (CIF) à disciplina, a nota que também reflecte o trabalho desenvolvido ao longo do ano lectivo.

O colégio privado de Coimbra foi a escola com melhor média no exame de Matemática em 2015-2016, com uma nota cerca de dois valores superior aos 2.º e 3.º lugares da lista, conquistados este ano, respectivamente, pelos também privados Colégio Terras de Santa Maria, de Aveiro (16,38 valores), e Colégio Cedros, no Porto (16,17 valores).

A melhor escola pública no exame de Matemática este ano, a Básica e Secundária da Batalha, distrito de Leiria, aparece em 6.º lugar, tendo registado uma nota média em 42 exames realizados de 15,88 valores, quase dois valores acima da CIF, que se fixou nos 13,95 valores.

Em 621 escolas, 414 conseguiram uma média positiva neste exame, o que significa que um terço chumbou a Matemática.

As 50 primeiras escolas da lista conseguiram um resultado médio superior a 14 valores.

Entre as escolas com piores resultados há escolas do Porto, Lisboa, Setúbal e Bragança, públicas e privadas, com notas médias em exame que variam entre os 2,4 valores e os 5 valores, mas com CIF entre os 11 e os 14 valores.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub