Emprego Oferta de mais de 400 empregos no Lago Discount de Famalicão

Oferta de mais de 400 empregos no Lago Discount de Famalicão

No terceiro concelho mais exportador do país, onde moram empresas como a Continental Mabor e a TMG, há mais de 400 empregos disponíveis na Feira de Formação, Qualificação e Emprego de Famalicão, que decorre no Lago Discount.
Oferta de mais de 400 empregos no Lago Discount de Famalicão
O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha (ao centro, na foto, de gravata clara), esteve presente na abertura da feira de formação e emprego do concelho.
Rui Neves 27 de abril de 2018 às 09:54

Três dezenas de empresas de Famalicão estão a oferecer mais de 400 empregos na Feira de Formação, Qualificação e Emprego do concelho, que começou ontem e acaba hoje, 27 de Abril, no Lago Discount, na freguesia de Ribeirão.

 

De acordo com a autarquia, o sector agro-alimentar domina a oferta com cerca de 120 postos de trabalho disponíveis, seguindo-se a fileira automóvel com uma centena e a área têxtil com 60 empregos, havendo ainda a oferta de empregos em outras áreas como a agricultura e o comércio e serviços.

 

Este certame pretende "colocar os principais empregadores do concelho em contacto directo com os estudantes finalistas, desempregados e pessoas à procura de novo emprego, onde as empresas e instituições terão a oportunidade de encontrar e eventualmente seleccionar alguns dos melhores candidatos a emprego", explica a Câmara de Famalicão, em comunicado.

 

O evento quer dar também "a conhecer aos visitantes os perfis profissionais procurados pelas empresas, através da realização de conferências por oradores experientes e promoção de espaços destinados à demonstração de actividades profissionais, com o objectivo de compreender a actual situação do mercado de trabalho e os seus desafios".

 

Esta quinta-feira, na abertura da feira, o presidente da autarquia, Paulo Cunha, classificou este certame como "o casamento perfeito entre a oferta e a procura, reunindo num único espaço toda a oferta formativa ao nível do ensino secundário e profissional do concelho e as empresas, possibilitando, desta forma, aos jovens famalicenses uma montra da oferta existente no ensino e das necessidades profissionais da região".




pub