Mercado de Trabalho Desempregados registados no IEFP em mínimos de 16 anos

Desempregados registados no IEFP em mínimos de 16 anos

Há agora 330,6 mil desempregados inscritos nos centros de emprego. O número regista quebras significativas, apesar do ligeiro crescimento das novas inscrições nos últimos dois meses.
Desempregados registados no IEFP em mínimos de 16 anos
Bruno Simão/Negócios
Catarina Almeida Pereira 21 de agosto de 2018 às 11:12

O número de desempregados que no final do mês estavam registados nos centros de emprego recuou em Julho para o nível mais baixo em 16 anos, desde Julho de 2002.

Há agora 330,6 mil desempregados inscritos nos centros de emprego, o que representa uma quebra de 20,6% em relação ao ano anterior, de acordo com a informação mensal publicada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, tutelado pelo Ministério do Trabalho.

"A nível regional, comparando com o mês de Julho de 2017, o desemprego registado diminuiu em todas as regiões do País, destacando-se, com as descidas percentuais mais acentuadas, as regiões do Alentejo (-24,0%), Centro e Algarve (-22,3%)", lê-se na síntese.

Esta redução dos desempregados inscritos no final do mês (o "stock") acontece apesar do ligeiro aumento do número de novos desempregados que ao longo dos meses de Junho e de Julho se foram registar nos centros de emprego (o "fluxo"), com aumentos mensais de 0,4% e de 3,2%.

No último mês as novas inscrições aumentaram em todas as regiões do país, com excepção do Algarve.

Ainda assim, o número de pessoas que ao longo de Julho se registou nos centros de emprego cai 8% face ao mesmo mês do ano anterior.

 




pub