Mercado de Trabalho Mapa: Desemprego em Portugal já é inferior ao da Finlândia

Mapa: Desemprego em Portugal já é inferior ao da Finlândia

A descida rápida do desemprego em Portugal permite ao país descer no "ranking" dos países com as taxas mais elevadas na União Europeia. Veja os dados de todos os países no mapa.
Nuno Carregueiro 09 de janeiro de 2018 às 16:00

Portugal foi o segundo país da União Europeia onde a taxa de desemprego mais desceu em Novembro de 2017, quando comparado com o período homólogo de 2016.

 

Uma evolução que permite a Portugal descer no ranking dos países com a taxa de desemprego mais elevada da União Europeia.

 

No pico da crise ocupava a terceira posição, só atrás da Grécia e Espanha. Em Novembro de 2017 surge na oitava posição e já meio ponto percentual abaixo da Zona Euro, onde a taxa atingiu um mínimo desde Janeiro de 2009 nos 8,7%. Nesse mês, de acordo com os dados revelados esta terça-feira pelo Eurostat, superou a Finlândia, que registou uma taxa de desemprego de 8,4%. Em Outubro a taxa de desemprego em Portugal e na Finlândia era de 8,4%.

 

Se em Portugal a taxa de desemprego desceu 2,3 pontos percentuais desde Novembro de 2016, na Finlândia caiu apenas quatro décimas nesses 12 meses.

 

Com taxas de desemprego acima de Portugal permanecem a Grécia (20,5% em Setembro), Espanha (16,7%), Chipre (11%), Itália (11%), Croácia (10,4%) e França (9,2%).

 

Portugal está agora mais perto de descer outra posição no "ranking" dos países da UE com taxas mais elevadas, já que a Letónia regista 8,1%, apenas menos uma décima do que em Portugal. 

No mapa em cima veja os dados do desemprego de todos os países da UE. Carregue num país para ver a evolução nos últimos 12 meses. 

pub