Europa Bruxelas vai avançar com proposta para acabar com mudança da hora

Bruxelas vai avançar com proposta para acabar com mudança da hora

Jean-Claude Juncker afirmou que a Comissão Europeia vai propor formalmente o fim da mudança de hora na União Europeia.
Bruxelas vai avançar com proposta para acabar com mudança da hora
Bloomberg
Negócios 31 de agosto de 2018 às 09:23

A Comissão Europeia vai propor o fim da mudança de hora na União Europeia, revelou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, ao canal de televisão alemão ZDF.

O anúncio surge depois da realização de um inquérito não vinculativo, feito a nível comunitário, no qual participaram cerca de cinco milhões de europeus. Mais de 80% dos inquiridos admitiram que não querem que a hora continue a mudar.

"Milhões de cidadãos disseram que não querem continuar a alterar o relógio. A Comissão Europeia vai fazer o que eles dizem. Seguir-se-á proposta legislativa", anunciou Jean-Claude Juncker, através da conta de uma das suas porta-vozes na rede social Twitter.

Em declarações à estação televisiva alemã ZDF, Juncker acrescentou que "quando se consulta os cidadãos sobre algo, convém de seguida fazer aquilo que eles desejam".

A proposta da Comissão Europeia terá de ser aprovada agora pelo Parlamento Europeu e depois pelo Conselho Europeu.

A consulta pública realizada por Bruxelas esteve activa durante 43 dias e houve 4,6 milhões de respostas e foi realizada depois de ter sido feita uma recomendação por parte do Parlamento Europeu precisamente para pôr fim à mudança do horário de Verão, que implica adiantar o relógio 60 minutos em Março, um horário que se prolonga até Outubro.

 

A recomendação do Parlamento Europeu, que não é vinculativa, tem por base um estudo publicado em Outubro de 2017. Neste é defendido que apesar do horário de Verão ser benéfico para a indústria dos transportes, aumentar o potencial das actividades de lazer fora de casa e reduzir o consumo de energia, é associado a disrupções no biorritmo humano.

 

A adopção da hora de Verão tornou-se "standard" em toda a Europa nos anos 1980, ainda que já tivesse sido aplicada por alguns países noutras alturas, nomeadamente durante a I e a II Guerra Mundial. A actual legislação sobre a hora legal está em vigor desde 1996 e determina que as mudanças de hora são feitas no último domingo de Outubro (hora de Inverno) e no último domingo de Março (hora de Verão).

O executivo comunitário irá divulgar hoje ao final da manhã os resultados da consulta aos 28 Estados-membros da UE.

Fonte comunitária precisou à Lusa que a anterior consulta pública mais participada -- relativa à preservação da Natureza, designadamente sobre as diretivas "aves" e "habitats" - havia suscitado um total de 552 mil respostas, seguida de uma consulta sobre a modernização e simplificação da Política Agrícola Comum (PAC), que reuniu 322 mil contributos, números portanto muito aquém daqueles agora na consulta sobre a mudança de hora, que teve uma adesão inédita por parte dos cidadãos e entidades de todos os Estados-membros.




pub