União Europeia Maioria dos cidadãos da UE quer permanência do Reino Unido

Maioria dos cidadãos da UE quer permanência do Reino Unido

Um estudo em seis países da UE mostra que a maior parte dos cidadãos destes Estados quer que o Reino Unido continue na União. Menos de metade defende que no caso do "Brexit" acontecer, os britânicos mantenham o acesso ao mercado único.
Maioria dos cidadãos da UE quer permanência do Reino Unido
Negócios 10 de março de 2016 às 17:19

De uma forma geral os eleitores de seis Estados-membros da União Europeia (UE) preferem que o Reino Unido continue a pertencer à organização europeia. Um estudo, citado pelo The Guardian, levado a cabo pela Universidade de Edimburgo e um "think tank" alemão, junto de oito mil eleitores da Alemanha, França, Polónia, Irlanda, Espanha e Suécia mostra que uma clara maioria destes cidadãos não gostaria que se concretizasse um cenário de saída do Reino Unido da UE ("Brexit").

 

Daqueles países, Espanha, Polónia e Irlanda, por esta ordem, são os mais entusiásticos acerca da permanência britânica na UE. Embora em todos estes seis Estados-membros os eleitores sejam maioritariamente a favor da continuidade do Reino Unido na UE.

 

Contudo, menos de metade destes eleitores apoia que o Reino Unido continue a ter acesso ao mercado único europeu se os britânicos votaram a favor do "Brexit" no referendo já agendado para 23 de Junho.

 

Vinga assim o consenso em torno da ideia de que o Reino Unido na UE é bom para ambas as partes. Uma perspectiva largamente sustentada pelos eleitores da Irlanda, país que tem no Reino Unido o principal parceiro comercial.

 

Outra das conclusões deste estudo é que muitos dos eleitores inquiridos gostariam que as reformas negociadas entre Londres e Bruxelas, cujo acordo foi alcançado a 19 de Fevereiro, fossem também aplicadas nos seus próprios países. A maioria dos eleitores irlandeses e franceses é a favor da imposição de restrições ao acesso de imigrantes a benefícios sociais.

 

Verifica-se ainda que mais de metade do eleitorado francês também gostaria que fosse realizado em França um referendo popular sobre a permanência, ou saída, do país da UE. A França é mesmo o único dos seis países utilizados nesta consulta em que a maioria dos eleitores é favorável à realização de um referendo daquele tipo. Conclusão que aparentemente corrobora a tendência de crescimento e consolidação do partido nacionalista gaulês Frente Nacional, numa altura em que falta cerca de um ano para as presidenciais francesas.

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Notícias Relacionadas
pub
pub
pub